Castanheira alemã “recebe e responde“ cartas - São Paulo São

Nos arredores de Düsseldorf, no oeste da Alemanha, uma castanheira com cerca de 150 anos de idade – que tem até nome, Jüchtwind – recebeu durante anos cartas de qualquer um que precisasse desabafar.

Cerca de 6 mil cartas foram enviadas à castanheira, com o conteúdo variando desde preocupações cotidianas a histórias de amor e fofocas envolvendo vizinhos.

De acordo com o carteiro local, Ekrem Dönder, a árvore já recebeu cartas de remetentes longínquos, como Nova Zelândia, China e Austrália. E até mesmo a chanceler federal alemã, Angela Merkel, escreveu há dois anos para Jüchtwind – que fica na reserva natural de Himmelgeist.

Após vários anos de serviço, a castanheira teve uma doença e precisou ser cortada no inverno passado. Nesta quinta-feira (12/08), uma jovem árvore, batizada de Erona, assumiu a função. E quem escrever para ela receberá até mesmo uma resposta em nome da planta – escrita à mão por Leni Classen, moradora da região de 11 anos de idade.

De acordo com o site que representa a árvore original, ela tinha um significado particular porque os moradores da região conseguiram evitar que ela fosse cortada anteriormente. Além de ter sobrevivido às duas Guerras Mundiais, abaixo-assinados evitaram que ela fosse vítima de várias obras na área.

Agora, apesar de a árvore ser nova, o endereço continua o mesmo:

Kleine Himmelgeister Kastanie

Kölner Weg

40589 Düsseldorf

Alemanha

***
Fonte: Deutsche Welle.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio