Em Moscou, “Lave-me, por favor!“ é arte única e efêmera na sujeira de carros e caminhões - São Paulo São

“Lave-me, por favor.” A frase, muitas vezes cunhada em português não tão correto, é uma velha conhecida dos brasileiros. Basta a sujeira acumular nos vidros ou na carroceria de um veículo estacionado para um engraçadinho deixar a mensagem. Aos motoristas, restam duas alternativas: abraçar a piada ou fazer um pit stop no lava-rápido mais próximo. Mas, a história de um artista de Moscou muda um pouco essa realidade...

O ilustrador russo Nikita Golubev enxergou uma terceira via ao perceber o potencial escondido nas camadas de fuligem e poluição que cobrem os carros, vans e caminhões de Moscou. Para ele, a sujeira transformou-se em inspiração para obras únicas, capazes de levar um pouco de arte às ruas geladas e cinzentas da capital da Rússia.

Efêmeros por natureza, os “quadros” de Golubev – que assina as peças com o pseudônimo Pro Boy Nick – funcionam como grafites em movimento. Por isso mesmo, o artista plástico sempre registra o resultado final do seu trabalho em fotos e vídeos publicados nas redes sociais. Para ver mais, acesse as páginas do ilustrador no Instagram ou no Facebook.

Nelas, também é possível conhecer um pouco do trabalho, digamos, convencional do artista russo. Além disso, seu portfólio profissional está disponível no site Behance.

Fica a dica: na próxima vez que alguém tirar um barato da sua cara por conta da sujeira acumulada sobre o seu carro, diga que você colocou o patrimônio à disposição da arte como uma tela em branco. Ou em cinza-poluição.

Confira uma coletânea com algumas das obras criadas por Pro Boy Nick nas ruas de Moscou.

Sujeira transformou-se em inspiração para obras únicas. Imagem: Facebook / Reprodução.Sujeira transformou-se em inspiração para obras únicas. Imagem: Facebook / Reprodução.

 

São obras incríveis com a sujeira acumulada em carros e caminhões. Imagem: Facebook / Reprodução.São obras incríveis com a sujeira acumulada em carros e caminhões. Imagem: Facebook / Reprodução.

 

 Os “quadros” de Golubev – que assina as peças com o pseudônimo Pro Boy Nick – funcionam como grafites. Imagem: Facebook / Reprodução. Os “quadros” de Golubev – que assina as peças com o pseudônimo Pro Boy Nick – funcionam como grafites. Imagem: Facebook / Reprodução.

 

Ao transformar a poluição em ilustrações únicas e efêmeras, o artista ajuda a humanizar as cinzentas ruas de Moscou. Imagem: Facebook / Reprodução.Ao transformar a poluição em ilustrações únicas e efêmeras, o artista ajuda a humanizar as cinzentas ruas de Moscou. Imagem: Facebook / Reprodução.

 

 Sujeira transformou-se em inspiração para obras únicas, capazes de levar um pouco de arte às ruas geladas de Moscou. Imagem: Facebook / Reprodução. Sujeira transformou-se em inspiração para obras únicas, capazes de levar um pouco de arte às ruas geladas de Moscou. Imagem: Facebook / Reprodução.

***
Por Hélio Gomes no IG São Paulo.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio