Conheça os vencedores da edição 2017 do Festival comKids escolhidos pelo público - São Paulo São

A cada dois anos, o Brasil sedia o Festival comKids Prix Jeunesse Iberoamericano. Foto: Danila Bustamante / comKids. A cada dois anos, o Brasil sedia o Festival comKids Prix Jeunesse Iberoamericano. Foto: Danila Bustamante / comKids. A cerimônia de premiação da edição 2017 do Festival comKids PrixJeunesse Iberoamericano aconteceu na última sexta-feira, dia 18, no SESC Consolação. A jornalista Adriana Couto, do programa Metrópolis, da TV Cultura, apresentou os conteúdos vencedores em cada uma das categorias da competição.

Antes, o músico Hélio Ziskind, autor de várias trilhas de programas infantis de sucesso da TV Cultura como Cocórico e Castelo Rá Tim Bim, fez um pocket show para os presentes. E a  novidade nessa edição foi a transmissão, ao vivo, via facebook do evento.

No Festival comKids Prix Jeunesse Iberoamericano o público é quem escolhe os vencedores entre os finalistas selecionados por um pré-júri internacional. 

Os vencedores 2017

Até 6 anos ficção e não ficção 

Cena de episódio de “Guillermina y Candelario“. Imagem: Reprodução.Cena de episódio de “Guillermina y Candelario“. Imagem: Reprodução.1º Lugar – Guillermina y Candelario – Quiero ser yo (Colômbia) – Direção: Marcela Rincón González.
2º Lugar – Atrapasuenõs – Verito sueña en Pascuales (Equador) – Direção: Mayfe Ortega e Beto Valencia.
3º Lugar – Lolalá Vamos a Cantar – Camino al mercado (Colômbia) – Direção: Gabriel Vieira.

7 a 11 ficção

Cena de Irmão do Jorel. Imagem: Reprodução.Cena de Irmão do Jorel. Imagem: Reprodução.

1º Lugar – Irmão do Jorel – MC Juju (Brasil) – Direção: Juliano Enrico.
2º Lugar – Puerto Papel – Amor de Papel (Brasil / Chile / Argentina / Colômbia) – Direção: Alvaro Ceppi e Hugo Covarrubias.
3º Lugar – Einstein-Rosen (Espanha) – Direção: Olga Osorio.

7 a 11 anos não ficção

Cena de “Asquerosamente “. Imagem: Reprodução.Cena de “Asquerosamente “. Imagem: Reprodução.1º Lugar – Asquerosamente rico – Garrapata mutante (Colômbia) – Direção: Maritza Sánchez.
2º Lugar – Bebé en camino – Navegando a la Isla del bebé (Chile/ Coreia do Sul) – Direção: Paula Gomez Vera.
3º Lugar – Un mundo de amigos – Azaan + Belén (Chile) – Direção: Alex Moya.

12 a 15 ficção 

1º Lugar – Alto el juego (Uruguai) – Direção: Walter Tournier.
2º Lugar – Caminho dos Gigantes (Brasil) – Direção: Alois Di Leo.
3º Lugar – Rueda Libre (Venezuela) – Direção: Jackson Elizondo G.

12 a 15 não ficção

1º Lugar – Trabalhar pra quem? (Brasil) – Direção: Mariana Oliva e Paula Szutan.
2º Lugar – Sueños Latinoamericanos – Emiliano (Chile) – Direção: Paula Gomez Vera.
3º Lugar – Las Niñas de la Guerra – El aula del Sol (Colômbia) – Direção: Jaime César Espinosa Bonilla.

Conteúdos curtos 

“Aquitã, o indiozinho“. Imagem: Reprodução. “Aquitã, o indiozinho“. Imagem: Reprodução. 1º Lugar – Que medo! – Aquitã, o indiozinho (Brasil) – Direção: Frata Soares.
2º Lugar – El hombre más chiquito del mundo – El helado (Argentina/ França) – Direção: Juan Pablo Zaramella.
3º Lugar – Segundito (Espanha) – Direção: Roberto Valle.

Prêmio SescTV

Sueños Latinoamericanos – Emiliano (Chile) – Direção: Paula Gomez Vera.

Prêmio TV RÁ TIM BUM

Bá (Brasil) – Direção: Leandro Tadashi.
O Fim da Fila (Brasil) – Direção: William Côgo.

Prêmio TV Escola – Roquette Pinto

Cena de “Chatarra“, Imagem: Reprodução.Cena de “Chatarra“, Imagem: Reprodução.Chatarra (Uruguai) – Direção: Walter Tournier.

Prêmio comKids

La Corporación D (Cuba) – Direção: José Angel Dieppa Brito.
Yo soy mujer – Yo soy Venus (Equador) – Direção: Cristina Salazar e Fernanda Restrepo.
¿Qué es para ti? – El trabajo (Peru) – Direção: Bia Alcazar – Renzo Amado.

Júri Infantil – Brasil

1º Lugar – Irmão do Jorel – MC Juju (Brasil) – Direção: Juliano Enrico.
2º Lugar – Bá (Brasil) – Direção: Leandro Tadashi.
3º Lugar – Zica e os Camaleões – Peguei pesado! (Brasil) – Direção: Ari Nicolosi.

Júri Adolescente – Internacional

Nicolás e seu trompeta em “Sueños Latinoamericanos“. Imagem: Reprodução.Nicolás e seu trompeta em “Sueños Latinoamericanos“. Imagem: Reprodução.


1º Lugar – Sueños Latinoamericanos – Emiliano (Chile) – Direção: Paula Gomez Vera.
2º Lugar – N3P Noticia (Cuba) – Direção: Francisco Leyva Ferrer.
3º Lugar –  Las Niñas de la Guerra – El aula del Sol (Colômbia) – Direção: Jaime César Espinosa Bonilla.

Destaque: Irmão do Jorel, divulgação.

O Prêmio comKids

Promovido a cada dois anos, o encontro ibero-americano é uma realização do Midiativa – Centro Brasileiro de Mídia para Crianças e Adolescentes, Goethe-Institut São Paulo e Sesc SP, em parceria institucional com a Fundação Prix Jeunesse Internacional e com a concepção da Singular, Mídia & Conteúdo.  BRAVI, Apex-Brasil e SPCine apoiam o Festival.

***
Com informações de Cris Brito, Escritório de Comunicação.




APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio