A ‘verdade‘ por trás do mito dos tênis voadores - São Paulo São

Se você achava que aquela brincadeira de amarrar os cadarços dos tênis e arremessá-los no fio do poste era uma coisa que só acontecia no seu bairro quando você era criança, está muito enganado. Moradores de cidades do mundo todo já passaram pela experiência de olhar para o alto e ver um par de tênis pendurados em fios de energia. Essa atividade tão peculiar tem status internacional e leva denominações como "shoe tossing", "zapatos colgantes", "scarpe volanti" e outros.

Tão relevante quanto a pergunta "quem matou J. F. Kennedy?" é saber quem começou esse negócio de lançar tênis em fios de poste. E olha que não faltam teorias para explicar esse verdadeiro fato social. E foi movido por este ímpeto de buscar a verdade jamais revelada que o diretor norte-americano Mattew Bate filmou o curta-metragem de 14 minutos The Mystery of Flying Kicks (O Mistério dos Tênis Voadores, em tradução livre).

Para chegar a tal resposta, o diretor promoveu um número de telefone para o qual as pessoas de todo o mundo poderiam ligar e explicar o seu próprio significado, destacando os diferentes mitos urbanos que cercam a prática de arremesso de tênis. A lista de significados que as pessoa atribuíram ao ato incluía: sinal de que alguém tenha perdido a virgindade; uma tática de intimidação; um sinal da máfia à polícia; o código de onde comprar drogas; uma marca de território de uma gangue; um tributo a membros de gangues; uma prática de graffiti para marcar a sua rua; um sinal de que, em um determinado bairro, "as pessoas podem fazer o que quiserem e não há reconhecimento de lei ou de decência".

Foto: Tronym / Flickr.Foto: Tronym / Flickr.Apesar de o diretor Matthew Bate provavelmente não ter as mesmas habilidades sociológicas de Durkheim (sociólogo francês que formulou a teoria dos fatos sociais), é inegável que ele está fazendo a sua parte. E convenhamos que não podemos descartar a hipótese de que, em algum momento da história moderna, arremessar os sapatos nos fios possa ter indicado um ato de revolta ou representado simbolicamente algo mais profundo.

Mas o grande barato desse assunto é que todos têm uma teoria a respeito. E quem sabe esse simples ato de lançar os tênis no fio não envolva realmente um pouco de cada uma das hipóteses descritas anteriormente ou, talvez, tenha sido apenas um acidente? Vai saber se, na hora em que Benjamin Franklin estava empinando sua pipa e ela acabou enroscando em um poste, o velho pai da eletricidade não teve outra alternativa a não ser lançar suas botinas para resgatar o "papagaio".

E você, já tem sua teoria sobre o arremesso de tênis? Veja o curta-metragem e suas diversas teorias.

Acesse o Flickr com algumas da melhores fotos do mundo para o fenômeno.

***
Por Bruno Mirra no ECycle.