As cidades mais seguras da América Latina em 2019, segundo índice The Economist - São Paulo São

Índice de Cidades Seguras (SCI) da Unidade de Inteligência do The Economist classifica 60 cidades de todo o mundo com base em indicadores que abrangem segurança digital, segurança da saúde, infraestrutura e segurança pessoal.

Se observarmos a América Latina - deixando de lado a repetida liderança de Tóquio, seguida por Singapura, Osaka, Amsterdã e Sydney -, que posição as cidades de nosso continente ocupam em relação à segurança em 2019?

Sobre o índice

O SCI sempre refletiu a natureza multifacetada da segurança urbana, com indicadores divididos em quatro pilares distintos: digital, infraestrutura, saúde e segurança pessoal. A versão 2019 do relatório, acompanha a divulgação dos benefícios de uma grande revisão destinada a medir melhor a "resiliência urbana". Esse conceito - a capacidade das cidades de absorver e se recuperar dos choques - teve uma influência crescente no pensamento sobre segurança urbana ao longo da última década, especialmente quando os formuladores de políticas públicas passaram a se preocupar com as implicações das mudanças climáticas. Ao invés de tentar criar um quinto pilar distinto de segurança, o índice agora mede novas áreas dentro das outras, quatro de particular relevância para a resiliência, tais como informações das políticas de desenvolvimento sobre riscos de desastres. Os resultados podem se observados abaixo.

1. Santiago, Chile.

Santiago, capital do Chile. Posição mundial: 33. Posição na América Latina: 1. Foto: Horst Engelmann / Pixabay. Santiago, capital do Chile. Posição mundial: 33. Posição na América Latina: 1. Foto: Horst Engelmann / Pixabay.


2. Buenos Aires, Argentina.

Posição Mundial: 34. Foto: Luis Argerich / Flickr.Posição Mundial: 34. Foto: Luis Argerich / Flickr.


3. Cidade do México, México.

Posição Mundial: 40. Foto: Eneas De Troya / Flickr.Posição Mundial: 40. Foto: Eneas De Troya / Flickr.


4. Rio de Janeiro, Brasil.

Posição mundial: 41. Foto: Poswiecie / Pixabay.Posição mundial: 41. Foto: Poswiecie / Pixabay.


5. São Paulo, Brasil.

Posição Mundial: 42. Foto: The Photographer / Wikipedia.Posição Mundial: 42. Foto: The Photographer / Wikipedia.


6. Lima, Peru.

Posição Mundial: 45. Foto: Rodolfo Pimentel / Wikipedia.Posição Mundial: 45. Foto: Rodolfo Pimentel / Wikipedia.


7. Quito, Equador.

Posição Mundial: 50. Foto: Fabian Dejtiar.Posição Mundial: 50. Foto: Fabian Dejtiar.


8. Bogotá, Colômbia.

Posição Mundial: 51. Foto: David / Wikipedia.Posição Mundial: 51. Foto: David / Wikipedia.

***
Por Fabian Detjar no Arch Daily.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio