Websérie 'Entrelinhas - Histórias em Movimento' mostra os bastidores do Metrô de São Paulo - São Paulo São

A Agência CC&P criou, em parceria com o Metrô de São Paulo, uma websérie com o objetivo de mostrar para o público o trabalho que há nos bastidores do maior sistema de transporte metroviário do Brasil – e um dos maiores do mundo. Intitulada “Entrelinhas – Histórias em Movimento”, a websérie, com seis episódios, têm funcionários e passageiros reais como personagens e já começou a ser veiculada nos ambientes digitais como sites de notícias, Youtube e redes sociais do Metrô.

Cada episódio da série tem três minutos de duração. O objetivo é mostrar à população a tecnologia que existe por trás desse modal de transporte público. 

Além de expor a tecnologia de ponta que existe nas diversas áreas do Metrô, com máquinas e equipamentos de última geração, o objetivo é aproximar o Metrô do público, apresentando um lado mais humano, através de histórias reais de pessoas que trabalham ou passam pelo metrô diariamente em suas jornadas diárias pela cidade, seja para trabalho, estudo ou passeio.

"O Metrô de São Paulo é um pouco a segunda casa das pessoas. Por isso, escolhemos uma linguagem mais próxima, um estilo documentário que mostra os bastidores e conversa com o público olhando nos olhos. É como se o Metrô tratasse os espectadores como ‘de casa’ e não visitas", afirma Fernando Freitas, diretor de criação da CC&P

Os episódios mostram a fundo toda a modernidade que relacionada à operação do Metrô de São Paulo. Os telespectadores tem a oportunidade de conhecer máquinas, salas informatizadas, complexos de monitoramento e todo o aparato tecnológico que é utilizado no dia a dia pelos funcionários. Além disso, a websérie traça um paralelo com a vida pessoal dos funcionários do metrô, mostrando hobbys e outras atividades fora do ambiente de trabalho, bem como de alguns usuários, cidadãos que utilizam o Metrô como meio de transporte cotidiano. Outro ponto que é tocado na série são as fontes de energia renováveis que o metrô utiliza, como a reutilização de água para lavar os trens.

“O Metrô vai muito mais além das suas máquinas e tecnologias. Ele tem um lado humano que é a dedicação de seus profissionais, que é o cuidado com as pessoas”, pondera Ricardo Pandolfi, Gerente de Comunicação do Metrô SP.

A veiculação nos ambientes digitais ocorre nos portais Globo.com, UOL, R7, O Estado de S. Paulo, Terra e Folha de S. Paulo. Os episódios também são veiculados em redes sociais do Metrô, como Instagram, Twitter e Youtube. A websérie já começou a ser exibida e poderá ser vista até 15 dezembro.

Os Episódios

Imagem: Youtube / ReproduçãoImagem: Youtube / Reprodução

O primeiro episódio, “Manutenção”, é focado no funcionário do Metrô Oswaldo Alves Artal Filho. Ele trabalha como supervisor de trens e apresenta a complexa manutenção dos trens e trilhos do Metrô, que é realizada diariamente durante a madrugada.

O segundo episódio, “Passageira”, apresenta Lívia La Gatto para contar um pouco de sua rotina. Trata-se de uma passageira que diz passar mais tempo no Metrô do que em sua própria casa, pois é nele que ela faz qualquer deslocamento pela capital paulista. Lívia tem um trabalho de blogueira que utiliza o Metrô como cenário e inspiração para suas histórias.

O terceiro episódio, “CCO”, tem como personagem principal o operador técnico Fernando Correa e mostra com detalhes como funciona o Centro de Comando Operacional do Metrô, espaço com dezenas de monitores, computadores e funcionários que se assemelha à sala de lançamento de um foguete.

Imagem: Youtube / ReproduçãoImagem: Youtube / Reprodução

No quarto episódio, “Tráfego”, as operadoras Nádia Maria Fanti e Gilbenita Maria da Silva convidam os internautas a uma viagem por dentro dos túneis e trilhos do Metrô, contando um pouco mais sobre o sistema de trens e o lado de sustentabilidade da empresa.

No quinto episódio, “Segurança”, o agente Elson Alves dos Santos explica como é feita a segurança dos quatro milhões de passageiros que usam o Metrô diariamente, por meio de um moderno sistema de monitoramento e um treinamento de capacitação profissional com toda a equipe.

O sexto e último episódio, “Acessibilidade”, gira em torno da passageira Marina, deficiente visual que utiliza o Metrô todos os dias com auxílio de um cão guia e dos profissionais do Metrô. Esse episódio também tem a funcionária Sônia, fazendo uma analogia com a coordenação que é necessária para gerenciar tudo.

***
Fonte: ABC do ABC.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio