Recomendados - São Paulo São

São Paulo São Recomenda

De 7 de setembro a 9 de dezembro de 2018, a ​33ª Bienal de São Paulo ​– ​Afinidades afetivas vai privilegiar a experiência individual do espectador.

O título escolhido pelo curador-geral Gabriel Pérez-Barreiro – apontado pela Fundação Bienal de São Paulo para conceber a mostra – remete ao romance de Johann Wolfgang von Goethe ​Afinidades eletivas​ (1809) e à tese “Da natureza afetiva da forma na obra de arte” (1949), de Mário Pedrosa.

German Lorca nasceu um par de meses depois da Semana de Arte Moderna de 1922. Hoje tem 96 anos e conta sete décadas de carreira profissional, mantém o sorriso de menino travesso, é um grande contador de histórias e continua clicando tudo o que lhe desperta o olhar. A sua trajetória pode ser vista no Itaú Cultural, de 25 de agosto a 4 de novembro, na mostra German Lorca: Mosaico do Tempo, 70 anos de Fotografia sintetizada em mais de 150 imagens, além de séries e ensaios fotográficos, projeções, objetos e premiações.

German Lorca (auto-retrato, 1969 a esq.) e em foto de Vilma Slomp. Divulgação / Itaú Cultural.German Lorca (auto-retrato, 1969 a esq.) e em foto de Vilma Slomp. Divulgação / Itaú Cultural.

Com curadoria do jornalista, professor e crítico de fotografia Rubens Fernandes Junior, a exposição tem assistência curatorial do professor e fotógrafo José Henrique Lorca e ocupa os pisos -1 e -2 do instituto. Para eles, as fotografias de Lorca expressam de modo exemplar toda a experiência do período modernista e chegam aos dias de hoje com o mesmo frescor que o aproximam de algumas manifestações e de alguns procedimentos da arte contemporânea.

Procurando emprego, 1948. Foto: German Lorca / Itaú Cultural - Divulgação.Procurando emprego, 1948. Foto: German Lorca / Itaú Cultural - Divulgação.

A partir de 21 de agosto, o IMS Paulista recebe a exposição Irving Penn: centenário. A mostra, que foi exibida pela primeira vez no Metropolitan Museum of Art (The Met), apresenta um panorama da produção do fotógrafo norte-americano. A seleção reúne mais de 230 fotografias, concebidas ao longo de quase 70 anos de carreira, além de cerca de 20 periódicos.

O conjunto evidencia a ampla variação temática de Irving Penn (1917-2009), que, além de trabalhos inovadores no campo da moda, produziu retratos, naturezas-mortas, nus femininos, peças publicitárias, entre outras obras. A curadoria é de Maria Morris Hambourg, curadora independente, e de Jeff L. Rosenheim, curador do departamento de fotografia do Met.

O jazz envolve plateias (e as amplia) desde seu surgimento, em meados do século XIX no Mississipi, sudeste dos Estados Unidos. Marcado pela improvisação e o swing, o ritmo, que tem suas raízes na música negra, se expandiu e conquistou o mundo, absorvendo culturas e fundindo-se com outros gêneros. Sempre prezando a liberdade artística, ele está presente na programação do Sesc São Paulo desde a década de 1980 e, de 14 de agosto e 2 de setembro, ganha ainda mais visibilidade no estado de São Paulo com o Sesc Jazz, que apresenta ao público 22 atrações musicais nacionais e internacionais.