Nos 70 anos da Cinemateca Brasileira, retrospectiva com filmes de Glauber Rocha - São Paulo São

Em homenagem a um dos grandes diretores brasileiros – falecido em 22 de agosto de 1981,  há quase 35 anos -, a Cinemateca Brasileira sedia entre os dias 28 de julho e 21 de agosto a Retrospectiva Glauber Rocha. A mostra também abre o semestre de comemorações dos 70 anos de fundação da Cinemateca.

Todos os filmes serão exibidos em cópias do acervo da Cinemateca Brasileira, algumas delas em novos materiais nunca exibidos no Brasil. Além de clássicos como Deus e o Diabo na Terra do Sol, Terra em Transe e O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, estão na programação as pouco vistas coproduções filmadas por Glauber no seu exílio, como Cabeças Cortadas e O Leão de Sete Cabeças. Curtas-metragens e programas de TV também serão mostrados.

Glauber Rocha nasceu em Vitória da Conquista (BA) em 1939 e começou a sua trajetória no cinema com o curta-metragem Pátio. Seu primeiro longa é Barravento, cujas filmagens conturbadas foram iniciadas por Luiz Paulino dos Santos, com Glauber na produção executiva.

Expoente do Cinema Novo, o diretor foi um dos responsáveis pelo prestígio internacional do movimento. No Festival de Cannes, por exemplo, Glauber foi premiado com o troféu da crítica internacional em 1967, com Terra em Transe, e dois anos depois foi eleito melhor diretor pelo trabalho em O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro. Seu curta-metragem Di Cavalcanti ganhou o Prêmio do Júri no mesmo festival em 1977.

“No Brasil, o Cinema Novo é uma questão de verdade e não de fotografismo. Para nós, a câmera é um olho sobre o mundo, o travelling é um instrumento de conhecimento, a montagem não é demagogia, mas a pontuação do nosso ambicioso discurso  sobre a realidade humana e social do Brasil!”

 

Conheça a programação completa e as sinopses dos filmes da Retrospectiva Glauber.

Serviço

Retrospectiva Glauber Rocha.
Quando: De 28 de julho a 21 de agosto de 2016.
Onde: Cinemateca Brasileira / Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino – São Paulo.
Quanto: Entrada gratuita.
Telefone: (11) 3512-6111.

***
Fonte: Cine Festivais.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio