'Oceanos' – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa abre inscrições para edição de 2019 - São Paulo São

Obras em língua portuguesa publicadas em qualquer lugar do mundo podem participar do prêmio Foto: Shuterstock.Obras em língua portuguesa publicadas em qualquer lugar do mundo podem participar do prêmio Foto: Shuterstock.

As inscrições para a edição de 2019 do Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa estão abertas de 18 de março (segunda-feira) a 14 de abril (domingo). Podem ser inscritos os gêneros poesia, romance, conto, crônica e dramaturgia em língua portuguesa publicados de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2018, em qualquer lugar do mundo – tanto em países cujo idioma oficial é o português quanto em países de outros idiomas — desde que as obras sejam escritas em primeira edição em língua portuguesa.

As inscrições para a nova edição do Oceanos podem ser feitas pela editora ou pelo autor, com o preenchimento da ficha de inscrição disponibilizada no site www.itaucultural.org.br/oceanos2019, a assinatura digital do Termo de Responsabilidade e o anexo da obra inscrita em formato PDF, mesmo que tenha sido publicada apenas em versão impressa. O Itaú Cultural desenvolve a tecnologia que permite que todos os concorrentes sejam avaliados em uma plataforma digital por um júri internacional composto por poetas, escritores, críticos literários e professores dos países membros da CPLP — Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e Timor Leste.

O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa presidiu, no Palácio Nacional da Ajuda, a Cerimônia de anúncio dos vencedores do Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa Oceanos 2018. Foto: Divulgação.O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa presidiu, no Palácio Nacional da Ajuda, a Cerimônia de anúncio dos vencedores do Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa Oceanos 2018. Foto: Divulgação.

A curadoria desta edição do prêmio é formada pela escritora e jornalista Isabel Lucas, de Portugal, a gestora cultural Selma Caetano e o jornalista Manuel da Costa Pinto, ambos do Brasil.

Oceanos tornou-se um radar da produção contemporânea em língua portuguesa como mostra o equilíbrio dos vencedores 2018 anunciados em cerimônia realizada no Palácio da Ajuda, Lisboa, Portugal, que contou com a presença do presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, da ministra da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, do Embaixador do Brasil em Portugal, Luiz Alberto Figueiredo Machado, do diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron, do subdiretor-geral da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB-Portugal), José Manuel Cortês, dos curadores Selma Caetano, Isabel Lucas e Manuel da Costa Pinto, de poetas, escritores e críticos literários.

Vencedores 2018

A poeta Marília Garcia autora do livro 'Câmera Lenta', vencedora do Prêmio Oceanos em 2018. Foto: Divulgação.A poeta Marília Garcia autora do livro 'Câmera Lenta', vencedora do Prêmio Oceanos em 2018. Foto: Divulgação.

A poeta brasileira Marília Garcia ficou em primeiro lugar com "Câmera Lenta". Em segundo lugar, o romancista português Bruno Vieira Amaral com "Hoje estarás comigo no paraíso". O poeta português Luís Quintais ficou em terceiro lugar com "A noite imóvel", e, fechando a lista, o quarto colocado foi o poeta moçambicano Luís Carlos Patraquim, autor de "O deus restante".

Premiação

Os finalistas do Prêmio Oceanos de 2018. Imagem; Divulgação.Os finalistas do Prêmio Oceanos de 2018. Imagem; Divulgação.

É importante lembrar que as grandes premiações internacionais, como o Booker Prize ou o Goncourt, tem como tradição a indicação de apenas um vencedor por ano. Oceanos continuará diversificando os vencedores, mas, de modo a valorizar ainda mais os premiados individualmente, passa em 2019 a contemplar três vencedores em vez de quatro como acontecia nos anos anteriores. Segue assim o padrão estabelecido na grande parte das premiações do âmbito cultural, que optam pela universalidade do pódio de três lugares.

Os 3 vencedores concorrem entre si pelas três premiações, que este ano passa a um valor total de R$ 250 mil – e não mais R$ 230 mil –, sendo:  R$ 120 mil para o primeiro colocado; R$ 80 mil para o segundo e R$ 50 mil para o terceiro.

Processo

Júri do Prêmio Oceanos reunido no Itaú Cultural. Foto: André Seiti / Divulgação.Júri do Prêmio Oceanos reunido no Itaú Cultural. Foto: André Seiti / Divulgação.

O processo de avaliação do Oceanos é realizado em três etapas. Na primeira, o Júri de Avaliação — formado por jurados dos países membros da CPLP, convidados pela curadoria do prêmio —, elege as 50 obras semifinalistas entre os concorrentes, e escolhe, por votação, os membros dos júris subsequentes (Júri Intermediário e Júri Final). Na segunda etapa, o Júri Intermediário seleciona 10 finalistas dentre os 50 semifinalistas eleitos pelo júri anterior. Na terceira etapa, o Júri Final escolhe os 3 vencedores entre os 10 finalistas.

Os vencedores serão anunciados em dezembro, em local a confirmar.

Serviço

Inscrições Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa 2018.
De 18 de março (terça-feira) a 14 de abril (domingo).
Pelo site www.itaucultural.org.br/oceanos2019
Itaú Cultural.
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô.
Fones: 11. 2168-1777.

Patrocínio do Banco Itaú, da República de Portugal, da CPFL Energia e do Instituto CPFL, e com a parceria do Itaú Cultural.

***
Com informações do Itaú Cultural.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio