Lançada proposta para a implantação de uma rede de calçadões em Londres - São Paulo São

A Zaha Hadid Architects divulgou uma proposta de pedestrianização para sua cidade sede, Londres, que gradualmente transformaria a capital britânica em um sistema interconectado de ruas peatonais.

Intitulada Walkable London, a proposta de pesquisa identificou as artérias e áreas da cidade que mais se beneficiariam com a pedestrianização. A transformação seria implementada em três fases: avenidas primárias, avenidas secundárias e, finalmente, distritos inteiros. As notáveis avenidas ​​sinalizadas para alteração incluem Upper Street, Oxford Street e Regent Street.

"Em todo o mundo, estamos observando a tendência de ruas exclusivas para pedestres em distritos inteiros ao invés de trechos individuais. Nesse sentido, Zaha Hadid Architects propõe "Walkable London", uma rede em grande escala de rotas peatonais que criará corredores de ativação em toda a capital ", explicam os arquitetos no site "Walkable London".

Oxford Circus, Londres. Imagem: Zaha Hadid Architects.

Oxford Street, Londres. Imagem: Zaha Hadid Architects.

"Transformar apenas algumas ruas dificilmente fará uma grande diferença em termos de congestionamento, poluição, segurança, saúde pública, benefícios econômicos e capital social. Para fazer parte de uma rotina diária, precisamos de uma rede peatonal completa como parte integrante da infra-estrutura de transporte da cidade ".

Os vídeos do site dividem a proposta em três categorias: rede peatonal proposta, análise de dados da cidade e estratégias alternativas de design de habitação. Confira abaixo:

Rede Peatonal Proposta: https://vimeo.com/251156501

Análise de Dados da Cidade: https://vimeo.com/251471659

Os dados urbanos produzidos através de dispositivos digitais apresentam uma oportunidade para descobrir novos conhecimentos. Através do processamento inteligente e visualização intuitiva de registros não estruturados, os dados urbanos tornam-se compreensíveis para planejadores urbanos e gestores de cidades.

Criar uma cidade peatonal não se trata apenas de torna-lá caminhável; trata-se também da estrutura socioeconômica local e da cidade. Foi apresentada a primeira etapa da análise - um estudo em toda a cidade de Londres sobre as interconexões entre pedestres e as tendências socioeconômicas, com foco nas áreas onde os conceitos “Walkable London“ podem ser introduzidos.

Diagrama mostra a rede de pedestres proposta pelo escritório como parte do “Walkable London“. Imagem: Zaha Hadid Architects.

Estratégias Alternativas de Projetos Habitacionais https://vimeo.com/251471354

A proposta apresenta modelos de habitação atuais e desenvolve estratégias alternativas para implementação e promoção da saúde, bem-estar e capacidade de caminhar. Em colaboração com profissionais inovadores na gestão imobiliária, desenvolvemos futuros alternativos para habitação. O objetivo da iniciativa é otimizar os padrões de uso do solo e desbloquear os cenários considerados excessivamente difíceis para desenvolvimento e ocupação. A proposta postula que a escassez de habitação e a demanda perto de áreas de densidade populacional podem ser abordadas através de métodos inovadores de projeto, além de contribuir para o enriquecimento das comodidades do local e do bem-estar dos habitantes.

Saiba mais sobre a proposta no site Walkable London, aqui.

***
Por Patrick Lynch no Arch Daily.