Na Alemanha, ciclofaixas temporárias ajudam no distanciamento físico do coronavírus - São Paulo São

As cidades alemãs estão redesenhando as marcas das ruas para criar ciclofaixas temporárias ("pop-up") durante o período de isolamento da Covid-19, já que os ciclistas exigem mais espaço para se distanciar fisicamente em seus trajetos para o trabalho.

As autoridades locais do distrito de Kreuzberg, em Berlim, experimentaram um alargamento temporário de duas pistas para bicicletas no dia 27 de março, argumentando que isso ajudaria os ciclistas a manter a distância necessária de 1,5 metro, enquanto o tráfego de carros estava em baixa, devido às restrições do coronavírus da Alemanha.

Na última sexta-feira, o conselho declarou o esquema piloto um sucesso, pois havia melhorado a segurança do ciclismo sem atrapalhar o tráfego. Está prevista para as próximas semanas uma expansão do projeto em outras estradas em Kreuzberg, assim como nos distritos de Schöneberg e Tempelhof.

O conselho disse que utilizou fita adesiva removível e placas móveis para marcar as faixas expandidas, que podem ser removidas quando as atuais restrições de circulação forem levantadas.

Moradores de 133 outras cidades alemãs apresentaram formalmente às autoridades locais inscrições para pistas temporárias semelhantes para ciclistas, no âmbito de uma campanha da Environmental Action Germany (DUH), uma ONG ambientalista.

O grupo da campanha cita novas pesquisas ligando a poluição do ar a taxas mais elevadas de morte por coronavírus como um argumento para redesenhar a infra-estrutura em todo o país.

"O coronavírus está nos mostrando que ar puro é um bem indispensável", disse o presidente do DUH, Jürgen Resch. "Agora é especialmente importante tornar o temporariamente mais importante para as pessoas se moverem com segurança em suas bicicletas". Isso vai ajudar a melhorar a qualidade do ar, possibilita o exercício ao ar livre enquanto mantém uma distância segura e evita acidentes desnecessários".

Uma das novas ciclovias temporárias em Berlim, que foram ampliadas para permitir que os ciclistas se afastem. Foto: Annegret Hilse / Reuters.Uma das novas ciclovias temporárias em Berlim, que foram ampliadas para permitir que os ciclistas se afastem. Foto: Annegret Hilse / Reuters.

Os proponentes do sistema citam a capital colombiana, Bogotá, como exemplo a imitar, onde a prefeita, Claudia López, abriu quase 72 milhas (117km) de novas rotas de bicicleta em meados de março, na esperança de reduzir o congestionamento e o contato pessoa-a-pessoa.

Em Berlim, os políticos da oposição do partido pró-negócio Free Democracy descreveram os planos de ciclovias temporárias como uma "provocação desnecessária" pelo lobby das bicicletas, dizendo que terão pouco uso prático.

Os estados alemães têm incentivado o uso de bicicletas, apesar das restrições atuais, sob as quais são proibidos os encontros de mais de duas pessoas, com exceções para as famílias.

Alguns políticos da oposição em Berlim descreveram o plano de ciclovias temporárias como uma "provocação desnecessária" pelo lobby das bicicletas. Foto: BA-FK.Alguns políticos da oposição em Berlim descreveram o plano de ciclovias temporárias como uma "provocação desnecessária" pelo lobby das bicicletas. Foto: BA-FK.

"O uso de uma bicicleta permite aos cidadãos atender aos requisitos para minimizar o contato", disse um porta-voz do Ministério dos Transportes na Turíngia à agência de notícias alemã DPA.

Na Alemanha, as oficinas de bicicletas estão atualmente isentas de fechamentos por ordem do Estado por causa da pandemia da Covid-19. Três estados federais, Berlim, Saxônia-Anhalt e Mecklenburg-Vorpommern, também permitiram que os vendedores de bicicletas permanecessem abertos.

***
Por Philip Oltermann do The Guardian em Berlim.





APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio