Feira de Intercâmbio e Criatividade e JazzNosFundos levam palco móvel ‘Vá de Jazz’ para a região da Paulista

A Feira é produzida pelo IDP – Instituto Design Público, organização social que estimula a criatividade e o desenvolvimento do mercado de pequenos produtores, a ocupação e valorização dos espaços públicos livres da cidade de São Paulo através de feiras de arte, moda, artesanato, design, música e gastronomia. O IDP é responsável também pelo Mercado Buenos Artes.

A Feira de Intercâmbio e Criatividade faz parceria com JazzNosFundos e leva seu palco móvel “Vá de Jazz” para a região da Avenida Paulista. Foto: Divulgação.

A FIC – Feira de Intercâmbio e Criatividade acontece no próximo dia 4, a partir das 12h, na Praça Alexandre de Gusmão – ao lado do Parque Trianon – durante a edição especial “Mamma Jazz” em homenagem ao Dia das Mães. 

O evento tem o intuito de promover o design brasileiro, a criatividade e a cultura do feito à mão. A uma cuidadosa seleção de produtores das mais diversas áreas da economia criativa: moda, arte, joias e bijuteria, design, artesanato, cosmética, botânica, além de um espaço de gastronomia, para consumo local, somam-se a muitas surpresas, que irão tomar conta do evento.

A Feira tem o intuito de promover o design brasileiro, a criatividade e a cultura do feito à mão. Foto: Divulgação.

Vá de Jazz

Com o propósito de tornar o jazz e a música instrumental acessível a todos, através de uma proposta itinerante, o JazzNosFundos desenvolveu um palco móvel batizado “Vá de Jazz”, que vai circular pela cidade com apresentações gratuitas em espaços públicos e músicos que participam de sua programação.

O JazzNosFundos desenvolveu um palco móvel batizado "Vá de Jazz”, que vai circular pela cidade. Imagem: divulgação.

A estreia do “Vá de Jazz” aconteceu durante o carnaval de 2019 e arrastou uma multidão para o bairro de Pinheiros na Zona Oeste da cidade. A próxima parada acontece no dia 4 de maio, na Praça Alexandre de Gusmão – ao lado do Parque Trianon – durante a edição especial de Dia das Mães da FIC – Feira de Intercâmbio e Criatividade. 

Programação 

12h > DJ Mr Rabbit.
13h > JazzBB. 
14h > DJ Mr Rabbit. 
15h > Quartier Latin.
16h30 > DJ Mr Rabbit.
18h30 > Lamérica.

Lamérica é o encontro de um músico chileno e dois brasileiros, um trio que viaja pelas músicas de toda a América Latina e de lá alcança suas raízes na Espanha, África, Portugal. Camilo Zorilla (voz e percussões), Daniel Doctors (voz e contrabaixos) e Emiliano Castro (voz, violão 7 cordas e viola de 10 cordas). No repertório, peças de compositores como Pablo Milanés e Bola ne Nieve, Jose Vasquez e Chabuca Granda, Jorge Drexler, Vicente Amigo, Violeta Parra e Astor Piazolla.

Quartier Latin é um grupo franco-brasileiro que traz inusitadas misturas musicais dos dois países. Formado por Julia King (voz), Daniel Doctors (contrabaixo e ukulele), Rodrigo Scarcello (teclado e acordeom) e Camilo Zorilla (voz e bateria). A banda oferece uma viagem inusitada por ritmos de diversas origens e épocas e transita entre clássicos da chanson, jazz, manouche, bossa, pop, tango, bolero, samba rock, afoxé e reggae criando uma experiência sonora rica e vibrante. 

Serviço

FIC + Vá de Jazz = Mamma Jazz, edição especial.
Dia 4 de maio, sábado.
Horário: 12h às 20h.
Praça Alexandre de Gusmão.
Evento Gratuito, aconselhado para crianças, pet friendly.
Vá de transporte público, vá de metrô, vá de bike.
Estacionamento Garagem Trianon Park – Estapar.

O evento “Mamma Jazz” no Facebook.

***
Da Redação com informações do IDP – Instituto Design Público. O São Paulo São apoia a iniciativa.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.