Happy Art Parade 2018 vai espalhar ‘Emojis’ pelas ruas de São Paulo

Reconhecido mundialmente por expressar e compartilhar emoções em suas feições, as suas famosas “carinhas felizes” irão servir de telas para os artistas estamparem a sua interpretação sobre a felicidade. 

A partir da segunda quinzena de agosto, o projeto será exibido em diversos pontos da capital e será possível a todos, compartilharem suas reações com a exposição que mescla a expressão artística com a linguagem tecnológica. Serão 60 obras espalhadas por São Paulo, que devem despertar surpresas, emoções e alegria.

Imagem: Divulgação. Pintores, escultores, artesãos, arquitetos, designers, grafiteiros, artistas plásticos, amadores ou profissionais apaixonados por arte e interessados em expressar seu talento e criatividade fazem parte do projeto e foram escolhidos depois de se inscrevem no site do projeto.

Ao final do projeto, as esculturas serão destinadas para o tradicional leilão beneficente, mas dessa vez com uma novidade: a peça estará customizada de forma a poder se dividir em duas partes. Ou seja, quem arrematar a peça pode escolher mantê-la no formato original ou ter um Emoji e uma obra de arte para utilizar separadamente.

A Happy Art Parade é realizada pela Toptrends, a detentora do licenciamento da CowParade Holding e dos direitos de realizar a versão brasileira do maior evento de arte de rua do mundo. A ação tem apoio da Colgate e do Ministério da Cultura.

Siga a exposição nas mídias sociais: @happyartparade (instagram e facebook).

***
Da redação, com informações Happy Art Parade.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.