Lisboa é eleita a capital ibero-americana da cultura 2017

Esta é a segunda vez que Lisboa recebe o título da União das Capitais Ibero-Americanas (UCCI), sendo a primeira delas em 1994, mesmo ano em que foi Capital Europeia da Cultura.

A inauguração, na galeria do Padrão dos Descobrimentos, da exposição Al final del paraíso, do artista mexicano Démian Flores, da qual faz parte “uma obra nova cujo tema é a relação colonial entre os Países Ibéricos e a América Latina”, abre a programação da iniciativa Passado e Presente — Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017.

O dia de abertura de Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura 2017 terminou à meia-noite com a festa Danças, no Jardim de Inverno do Teatro São Luiz, com música do português La Flama Blanca e cenografia de Pedro Valdez Cardoso.

Da programação fazem parte, além de exposições e concertos, peças de teatro, visitas guiadas, residências artísticas, exibição de filmes, colóquios, workshops, um festival de arte urbana, espetáculos de dança, um festival de narração oral e uma feira do livro de fotografia.

Passado e Presente — Lisboa, Capital Ibero-Americana de Cultura é uma iniciativa da UCCI e da Câmara Municipal de Lisboa, que conta com a participação, colaboração e apoio de dezenas de outras instituições, associações e equipamentos privados. A programação completa pode ser consultada aqui.

***
Da Redação da Agência Lusa.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.