Marieta, se meu apartamento falasse

Artistas e intelectuais abrem neste sábado um imóvel de 250 m2 da família de arquiteto como uma espécie de “República Cultural” no centrão de São Paulo
 
No início, era a garçoniére de Oswald. Agora, é o apartamento da Marieta. No início, era uma mistura de prazer com frisson intelectual. Agora, é principalmente a combustão cultural que é o alvo.
 
Arquitetos e editores, Abílio Guerra e Silvana Romano resolveram contornar os esforços quase sempre estatais e públicos de influir na cena artística e cultural da metrópole e abrem neste sábado um curioso centro de debates no centro de São Paulo.
 
Trata-se do ‘Projeto Marieta’, um bunker de programação intelectual que envolve áreas como artes plásticas, cinema, arquitetura, música, literatura, dança e televisão, além de oferecer espaços de co-working para atividades de natureza artística.
 
O detalhe é que a base de tudo serão os cômodos compartilhados do apartamento de 250 m2 da família. A sogra de Abílio Guerra (que mantém o portal de arquitetura Vitruvius, um dos mais influentes do País) tinha um apartamento na rua Maria Antonia, 96, em tempos idos. Seu nome era Marieta Filardi (cujo nome hoje batiza o edifício). Na verdade, o prédio inteiro da Maria Antonia era habitado pela família Filardi. Hoje, sobrou apenas o apartamento 2.
 
O mutirão do Apê Cultural já engajou diversos atores sociais. A Vidrotil está ajudando na reforma. A Baraúna está ajudando com os móveis. Na programação inicial, Guto Lacaz, Angelo Bucci, Marco do Valle, Caio Falcão, Lizete Rubano e outros confirmaram presença em debates. O coração da metrópole é o alvo da ação.
 
“A idéia é lançar o projeto cultural e fechar para reforma, com apoio via Catarse (minha editora e outra empresas e pessoas doarão prêmios para a arrecadação); faz anos que queríamos começar algo assim e meus meninos nos deram coragem. O apartamento é bem grande e vai abrigar várias atividades”, me contou o Abílio.
 
 
O programa do Projeto Marieta segue adiante:
 
10h
Café com Guerra
Filmagem do episodio #0 com direção dos Irmãos Guerra.
Guto Lacaz e Marco do Valle batem um papo descontraído e tomam café com Abilio Guerra.
 
12h30
Pénocentro
Passeio guiado com Roney Cytrynowicz e Jeffrey Lesser.
Roteiro 1: Praça da Sé.
Um novo olhar sobre o logradouro como espaço do sagrado e da ordem.
Roteiro 2: Praça da Liberdade.
Lugar de memória afro-brasileira e de invenção da identidade nipo-brasileira.
 – vagas limitadas a 30 participantes; confirme presença através do email.
 
15h
Nova música paulistana.
Caio Falcão e o Bando nova voz do samba-rock contemporâneo, apresenta um show acústico e intimista com as músicas do album ‘Tudo Verde’.
 
16h30
Vilanova Artigas – o arquiteto e a luz.
Projeção do documentário dirigido por Laura Artigas e Pedro Gorski sobre vida e obra do grande mestre da arquitetura paulista.
 
17h30
Arquitetura paulista hoje.
Discussão sobre os enfrentamentos dos graves problemas da metrópole paulistana, como segregação social, infraestrutura, espaços públicos e meio ambiente.
 
Debate com Angelo Bucci e Lizete Rubano.
Mostra de fotografias.
Nelson Kon e Tommaso Protti.
 
Os convidados

Ângelo Bucci, arquiteto e doutor em arquitetura e urbanismo pela FAU-USP, onde é atualmente professor de Projetos de Edificações. Destaque da nova geração de arquitetos paulistas, tem fama internacional e soma vários prêmios importantes.
 
Caio Falcão é músico e videomaker. Nome em ascensão no cenário musical paulista, recentemente lançou seu primeiro disco, Tudo Verde.
 
Guto Lacaz, artista multimídia, ilustrador, designer, desenhista e cenógrafo, é formado em eletrônica industrial pelo Liceu Eduardo Prado e em arquitetura pela FAU de São José dos Campos.
 
Jeffrey Lesser é graduado na Brown University e Ph.D. na New York University na área de História da América Latina. Historiador brasilianista, é autor do livro Uma diáspora descontente, sobre a imigração nipônica em São Paulo.
 
Laura Artigas é formada em jornalismo na PUC-SP. Atua como roteirista e diretora na área de cinema.
 
Lizete Rubano é formada em arquitetura e urbanismo na FAU-Mackenzie e doutora pela FAU-USP. Atualmente é professora adjunto II da FAU-Mackenzie, com extenso trabalho em pesquisa na área de habitação coletiva e urbanismo.
 
Marco do Valle é artista plástico formado em arquitetura e urbanismo pela PUC-Campinas e doutor pela FAU-USP. Atualmente é professor doutor MS3 da Universidade Estadual de Campinas, onde ocupou diversos cargos diretivos.
 
Nelson Kon é arquiteto pela FAU-USP. Fotógrafo especializado em arquitetura e cidade, em especial brasileiras, atua desde 1985. Um dos mais importantes profissionais brasileiros da área, suas fotos são publicadas nas principais revistas brasileiras e internacionais.
 
Pedro Gorski é formado em comunicação social pela ESPM e fez especialização em cinema documental na escola Observatório de Cine de Barcelona. Diretor de documentários, atualmente é sócio e diretor criativo da produtora Plataforma.
 
Roney Cytrynowicz estudou economia e história na USP e atua como historiador e editor da Narrativa 1. Em 1994, foi finalista do Prêmio Jabuti na categoria Contos com o livro A vida secreta dos relógios e outras histórias (Scritta).
 
Tommaso Protti é formado em ciências políticas em Roma e é mestre em fotojornalismo e documentário em Londres. Tem fotos divulgadas em publicações de vários países – National Geographic, Le Monde, The New York Times. É membro do Getty Images Emerging Talent.

Serviço:

 
“Projeto Marieta”
15 de agosto, das 10h às 20h.
Rua Maria Paula 96 ap 2 Bela Vista.
São Paulo SP.
Entrada franca.
Para confirmar a presença, é preciso enviar um email, que está no site da Vitruvius:
http://www.vitruvius.com.br/jornal/events/read/1460

Jotabê Medeiros em seu Blogoteca.


Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.