Negócios - São Paulo São

São Paulo São Negócios

“Estou cansada de ser tratada como burra e doente”. A frase foi dita em tom bem-humorado durante um debate sobre os desafios profissionais das pessoas com mais de 50 anos e pode ser considerada um desabafo diante da forma como esse público costuma ser tratado nos eventos que se propõem a criar soluções produtivas e os serviços adequados a essa geração.

Em um casarão tombado da Vila Mariana, bairro de classe média alta da capital paulistana, funciona a partir de agora o primeiro hub de inovação do Brasil especializado no público sênior.

É a NEXTT 49+ que chega para auxiliar profissionais em transição de carreira e até mesmo aposentados que desejam empreender, investindo em um negócio próprio.

Um público que está em crescente ascensão na sociedade brasileira e que anda desassistido, seja como empreendedor, seja pelo próprio mercado, que lentamente vem descobrindo seu enorme potencial. Em tempo: o grupo 49+ representa cerca de 50% da renda bruta familiar e encontra poucos produtos e serviços desenvolvidos especialmente para seu perfil.

“Se não atuarmos como uma plataforma de mobilidade também social, não vamos sobreviver na América Latina", diz o CEO da empresa, Marcelo Loureiro. Foto: Divugação.“Se não atuarmos como uma plataforma de mobilidade também social, não vamos sobreviver na América Latina", diz o CEO da empresa, Marcelo Loureiro. Foto: Divugação.

Patinetes elétricos e bicicletas estão entre as soluções que prometem melhorar a mobilidade nas grandes cidades brasileiras. Pesquisa realizada pela Grow - fusão das empresas de mobilidade Yellow e Grin - revelou que 39% dos usuários da marca já substituíram os carros pelos patinetes, e 59% deles usam bicicleta para trabalhar ou estudar. O estudo mostrou, porém, que 62% dos entrevistados não residem nas regiões onde a empresa atua – em geral, os centros econômicos de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. Para mudar isso, a empresa planeja lançar o serviço em regiões mais periféricas das capitais.

Aplicativo de delivery de refeições chegou a 12,6 milhões de usuários em mais de 500 cidades brasileiras. Foto: Divulgação.Aplicativo de delivery de refeições chegou a 12,6 milhões de usuários em mais de 500 cidades brasileiras. Foto: Divulgação.

Após quase três décadas trabalhando como gerente de vendas de imóveis, Salomão Sousa, de 57 anos, se viu sem saída: com sua principal fonte de renda prejudicada pela recessão, as comissões, que em alguns meses passavam de R$ 80 mil, sumiram. "A crise chegou sem avisar", diz.

São Paulo tem um dos tráfegos mais intensos e caóticos do mundo. São 8,6 milhões de veículos nas ruas e uma população que supera 12 milhões de pessoas. Segundo dados do IBGE, os paulistas perdem, em média, duas horas por dia só para ir e voltar do trabalho. A poluição produzida por tamanha quantidade de carros e ônibus é outro agravante para a qualidade de vida nas cidades.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio