Negócios - São Paulo São

São Paulo São Negócios

Mappin Stores, prédio da famosa loja que ficava na Praça do Patriarca na década de 1920. Foto: Pinterest.Mappin Stores, prédio da famosa loja que ficava na Praça do Patriarca na década de 1920. Foto: Pinterest.Uma das lojas de departamento mais icônicas de São Paulo — e do Brasil, de certa forma — está prestes a “ressuscitar”: o Blue Group, controlador da rede Marabraz, revelou que o Mappin vai voltar na próxima segunda-feira (10) como comércio eletrônico. Mas por que esse retorno chama tanta atenção?

O mercado brasileiro de produtos orgânicos cresceu 20% em 2018. Foto: Divulgação.O mercado brasileiro de produtos orgânicos cresceu 20% em 2018. Foto: Divulgação.

De hoje a domingo, São Paulo vai sediar três feiras simultâneas para o segmento de produtos orgânicos, naturais, veganos e com proposta saudável: Bio Brazil Fair | Biofach América Latina e Naturaltech. O evento triplo será realizado das 11 horas às 20 horas no Pavilhão de Exposições do Anhembi, com entrada gratuita.

Apesar de ainda distante da realidade nacional - e do bolso do brasileiro -, aumenta a chegada de carros elétricos ao País. Aos poucos, cada marca anuncia seu produto porque ninguém quer ficar de fora do mercado que promete ser o futuro da mobilidade e abrir caminho para os modelos autônomos.

Com nova casa, 7ª edição é a maior da história do principal festival de inovação e criatividade do país. Foto: Divulgação.Com nova casa, 7ª edição é a maior da história do principal festival de inovação e criatividade do país. Foto: Divulgação.

Nos dias 1 e 2 de junho (sábado e domingo), O Panda Criativo realiza em São Paulo a 7ª edição do Festival Path, a maior de toda a história do evento. Com cerca de 600 palestrantes, 30 shows e dezenas de atividades paralelas, a organização espera atingir cerca de 20 mil pessoas. Pela primeira vez, a programação acontece no entorno da Avenida Paulista, região que, assim como o festival, se transforma constantemente e tem a diversidade em seu DNA.

“Estou cansada de ser tratada como burra e doente”. A frase foi dita em tom bem-humorado durante um debate sobre os desafios profissionais das pessoas com mais de 50 anos e pode ser considerada um desabafo diante da forma como esse público costuma ser tratado nos eventos que se propõem a criar soluções produtivas e os serviços adequados a essa geração.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio