Negócios - São Paulo São

São Paulo São Negócios

Projeto Open Heritage, do Google Arts and Culture com ONG CyArk, comemora um ano com expansão de mais 30 monumentos em 13 países diferentes. Imagem: Divulgação / Google.Projeto Open Heritage, do Google Arts and Culture com ONG CyArk, comemora um ano com expansão de mais 30 monumentos em 13 países diferentes. Imagem: Divulgação / Google.

Trinta novos monumentos de 13 diferentes paísespassaram a integrar, em abril último, o projeto de preservação digital Open Heritage. Criado pelo Google Arts and Culture em parceria com a organização não-governamental CyArk em 2018, o site e o aplicativo disponibilizam visitas a monumentos históricos ao redor do mundo através da tecnologia de ponta utilizada em reconstruções 3D — tudo gratuitamente.

Tempo de Apolo em Portara, na Grécia, é um dos novos patrimônios que integram a plataforma do Google Heritage. Foto: Divulgação / Google. Tempo de Apolo em Portara, na Grécia, é um dos novos patrimônios que integram a plataforma do Google Heritage. Foto: Divulgação / Google.

Entre os novos monumentos online estão o Memorial Thomas Jefferson, nos Estados Unidos; a Catedral da Cidade do México; o Templo de Apolo, na Grécia; e o Túmulo de Tu Duc, no Vietnã. Além de comemorar um ano do projeto, a expansão também coincide com o Dia Internacional dos Monumentos.

Templo de Lukang Longshan, em Taiwan, inclui murais pintados, esculturas em madeira e o maior teto de madeira do país. Foto: Divulgação / Google. Templo de Lukang Longshan, em Taiwan, inclui murais pintados, esculturas em madeira e o maior teto de madeira do país. Foto: Divulgação / Google.

“Nosso objetivo não é apenas preservar digitalmente os locais de patrimônio em risco, mas também disponibilizar histórias e dados que coletamos para futuras gerações de pesquisadores, educadores e estudantes”, afirmou, em publicação oficial, o CEO da CyArk, John Ristevski.

Imagem de alta definição do Templo de Apolo do século IV AC, na Grécia. Imagem: CyArk.Imagem de alta definição do Templo de Apolo do século IV AC, na Grécia. Imagem: CyArk.

Um dos usos práticos do projeto é rememorar lugares históricos fechados ou destruídos, como foi o caso do Museu Nacional, que sofreu severo incêndio em 2 de setembro de 2018. O site oferece uma visita guiada online e gratuita com imagens capturadas pela plataforma Google Street View antes da tragédia.

Catedral do México foi fotografada por drones para montagem 3D no Open Heritage. Foto: Divulgação / CyArk. Catedral do México foi fotografada por drones para montagem 3D no Open Heritage. Foto: Divulgação / CyArk. Neste ano, entraram na parceria mais duas instituições: o Historic Environment Scotland e a Universidade do Sul da Flórida. Ambas são organizações que vieram fortalecer o pilar do compartilhamento de dados 3D, forte premissa do projeto. Dessa maneira, ambos países-sede das instituições — Escócia e Estados Unidos — ganharam mais uma série de monumentos no banco de dados do projeto.

A catedral da Cidade do México foi danificada em um terremoto de 2017. Uma digitalização e uma foto de alta resolução permitem este modelo 3D composto. Imagem; Divulgação / Google.A catedral da Cidade do México foi danificada em um terremoto de 2017. Uma digitalização e uma foto de alta resolução permitem este modelo 3D composto. Imagem; Divulgação / Google.Além do site vinculado ao Google, o projeto também libera os dados para quem quiser explorar o banco de dados dos monumentos em 3D para fins de pesquisa, por exemplo. Eles estão disponíveis na página Open Heritage 3D.

***
Fontes: Haus e Mashable (Inglês).

Mapeamento feito com a ferramenta da Replica em Kansas City, nos Estados Unidos. Foto: Reprodução.Mapeamento feito com a ferramenta da Replica em Kansas City, nos Estados Unidos. Foto: Reprodução.

Como, quando e por que nos deslocamos pela cidade? Qual a região mais carente de ciclofaixas ou faixas de ônibus? Qual o melhor horário para interromper o trânsito de uma via? Essas são questões frequentes no dia-a-dia de quem vive em grandes cidades - e que a “Replica” tenta ajudar a responder. A plataforma fez parte do portfólio de produtos do Sidewalk Labs, laboratório de urbanismo da Alphabet (holding dona do Google) e nesta quarta-feira (12) se tornou uma empresa independente. A saída contou com um financiamento série A de US$ 11 milhões, feito pela Innovation Endeavors em parceria com Firebrand Ventures e Revolution's Rise of the Rest Seed Fun.

Com 3 dias de duração, o Festival reúne conteúdo relevante, oportunidades de relacionamento e, é claro, muito entretenimento. Foto: Eugênio Goulart.Com 3 dias de duração, o Festival reúne conteúdo relevante, oportunidades de relacionamento e, é claro, muito entretenimento. Foto: Eugênio Goulart.

A oitava edição do Festival do Clube de Criação acontecerá entre os dias 21, 22 e 23 de setembro na Cinemateca Brasileira, em São Paulo. O evento teve início em 2012, no Memorial da América Latina.

Design Weekend 2019 ganha uma centena de novas atrações comparada à edição de 2018. Foto: Divulgação.Design Weekend 2019 ganha uma centena de novas atrações comparada à edição de 2018. Foto: Divulgação.

A semana promete. De 18 a 25 de agosto, São Paulo recebe a maior semana de design da América Latina. O Design Weekend — apelidado de DW — se espalha pela capital paulista com mais de 300 eventos em 140 locais diferentes. A edição marca a estreia de uma tríade de novas curadoras: as jornalistas e especialistas em design Lúcia Gurovitz, Winnie Bastian e Mari Wenzel.

APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio