Negócios - São Paulo São

São Paulo São Negócios

Talvez um dos setores mais prejudicados com as limitações de circulação e  das atividades, motivadas por causa da pandemia, sejam os micro e pequenos empreendimentos. Trata-se de uma área importante da economia: só na categoria MEI (microempreendedor individual) o Ministério da Economia tem registrado 11,2 milhões de negócios ativos no Brasil

No contexto atual é preciso que o Governo reconheça, não só a influência das pequenas empresas no crescimento do país, mas também a vulnerabilidade delas. É que com os constantes incrementos nos contágios do Covid-19, muitos negócios sofreram uma importante diminuição em seu faturamento o que finalmente levou a um incremento no endividamento para se manter em pé. A principal dificuldade é que a maioria deles não tem muita margem no orçamento e a situação financeira também não ajuda: por enquanto ainda existem fortes limitações no acesso ao crédito para um microempreendedor, principalmente por causa dos requisitos e condições de contratação estabelecidos pelos bancos, sempre mais fácil de ser cumpridas por grandes companhias.

Medidas para micro e pequenos empreendedores

Junto com as novas medidas anunciadas pelo Governo para tentar conter os efeitos econômicos da pandemia, com destaque na reedição do auxílio emergencial, foi lançada uma nova linha de crédito na procura de oferecer apoio financeiro a pequenos empreendedores, sejam formais ou informais. 

A responsável pela gestão e liberação do empréstimo é a Caixa Econômica Federal. O programa é dirigido a empresas com renda anual de no máximo R$ 360 mil e o valor emprestado deve ser utilizado em investimento no negócio, realização de reformas, compras de equipamentos ou máquinas, ferramentas ou mercadoria. 

Entenda as condições do crédito

Na categoria MEI (microempreendedor individual) existem 11,2 milhões de negócios ativos no Brasil. Foto: Getty Images.Na categoria MEI (microempreendedor individual) existem 11,2 milhões de negócios ativos no Brasil. Foto: Getty Images.

O valor solicitado pode começar desde R$ 300 e ser renovado chegando até R$ 21 mil. O prazo para a devolução, que não prevê carência, é de 4 a 24 meses, com uma taxa de juros de 3,49% a.m.

O empreendedor interessado precisa ter recebido orientação financeira, justificar a utilização do crédito exclusivamente no seu negócio, e cumprir com as seguintes condições:

  • ser maior de 18 anos;
  • ter conta na Caixa (poupança, corrente ou Caixa Fácil);
  • não ter o nome negativado (quer dizer registrado em cadastros de inadimplentes como Serasa, SCPC, Cadin ou Sinad);
  • ser aprovado na análise de crédito, com capacidade de pagamento. 

A contratação pode ser feita pelo canal de WhatsApp da instituição (0800-726-0104) ou nas próprias Agências Bancárias. 

Além do anterior, a Caixa também anunciou o lançamento de um novo microcrédito disponível para trabalhadores informais. Este empréstimo disponibiliza valores entre R$1.500 e R $5.000 tentando amenizar a situação das famílias trabalhadoras diante da atual crise. Atualmente, para o financiamento desta linha, o Banco tem liberado R$10 bilhões, mesmo que a regulação prevê a possibilidade de subir os valores disponíveis até o patamar de R$25 bilhões. 

É importante levar em conta que também continua vigente, e foi prorrogado, o período de 3 meses de carência para os empresários começarem a pagar os empréstimos obtidos por meio do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte). Desse jeito, as primeiras parcelas começarão a vencer em junho, sem alterar o prazo total do contrato.

Não deixa de ser um alento.

A Uber disse que não espera que a mudança nas condições do motorista se traduza em tarifas mais altas para seus clientes. Foto: FT.A Uber disse que não espera que a mudança nas condições do motorista se traduza em tarifas mais altas para seus clientes. Foto: FT.

Três são os benefícios dos empregos tradicionais que não são usufruídos por aqueles que trabalham na chamada 'gig economy' (de empregos temporários). No entanto, isso parece ter começado a mudar. Na última terça-feira, a Uber anunciou que irá conceder esses três benefícios aos seus motoristas no Reino Unido, um movimento que poderá transformar a atual economia colaborativa.

O Mirante do Vale vai ganhar duas cabines com chão de vidro no 42º andar. Foto: Sampa Sky/Divulgação.O Mirante do Vale vai ganhar duas cabines com chão de vidro no 42º andar. Foto: Sampa Sky/Divulgação.

A cidade de São Paulo vai ganhar uma novidade arquitetônica que deve valorizar o centro da cidade e proporcionar nova forma de lazer para os interessados em desfrutar da cidade do alto. Aos poucos, o "skyline" de São Paulo passa a ter o reconhecimento que merece. Até agora, os lugares para ver a metrópole do alto limitavam-se ao Farol Santander, o Martinelli e, mais recentemente, ao Sesc Paulista e o Instituto Moreira Salles. Agora, o edifício mais alto da cidade soma-se ao elenco.

Dois mirantes retráteis serão construídos no centro da capital para o público poder admirar a metrópole de forma única. As estruturas de vidro serão instaladas no 42º andar do Prédio Mirante do Vale, localizado próximo ao Viaduto Santa Ifigênia no Anhangabau. As obras farão parte de uma nova opção de lazer na cidade, batizado de Sampa Sky. O futuro mirante paulistano está previsto para ser entregue até a segunda quinzena de abril. As obras não vão afetar a fachada do edifício. No "Skydeck", as varandas são verdadeiras caixas de vidro e ficam no centésimo terceiro andar da Willis Tower em Chicago. Foto: Viator / Chicago.No "Skydeck", as varandas são verdadeiras caixas de vidro e ficam no centésimo terceiro andar da Willis Tower em Chicago. Foto: Viator / Chicago.O projeto é inspirado no Skydeck Chicago, situado no centésimo terceiro andar do Willis Tower, terceiro prédio mais alto da América do Norte. A estrutura possui vidro em todas as faces, o que dá a sensação de estar flutuando em meio à paisagem local. É um dos passeios mais disputados da cidade de Chicago, capital de Illinois, centro-oeste dos Estados Unidos.

O Sampa Sky deverá ocupar todo o quadragésimo segundo andar do prédio. Com uma área total de 700 metros quadrados, a área de lazer engloba tanto a face com vista para o Anhangabaú quanto o mirante da Zona Leste de São Paulo. O projeto é idealizado pelo publicitário Alessandro Martinelli, em parceria com outros executivos que não tiveram os nomes divulgados.

O Mirante do Vale

O arranha-céu está longe de passar despercebido por quem caminha pelo centro de São Paulo. Foto: Daniel Teixeira. O arranha-céu está longe de passar despercebido por quem caminha pelo centro de São Paulo. Foto: Daniel Teixeira.

O arranha-céu está longe de passar despercebido por quem caminha pelo centro de São Paulo. Com 171 metros de altura, 51 andares e mais de 1000 salas comerciais, ele foi durante 48 anos foi o mais alto do Brasil – hoje o título está com o Órion Business & Health Complex, em Goiânia, que tem 192 metros de altura.

Construído aos pés do viaduto Santa Ifigênia e com vista para o Vale do Anhangabaú, a obra é assinada pelo engenheiro Waldomiro Zarzur e o arquiteto e engenheiro Aron Kogan (pai do também arquiteto Marcio Kogan). O Mirante do Vale teve sua construção iniciada em 1960 e foi entregue em 1966. Até pouco tempo era um edifício exclusivamente comercial, mas hoje já abriga moradores e tem unidades que podem ser alugadas por dia na plataforma Airbnb.

O valor do ingresso ainda não foi divulgado e, neste primeiro momento por conta da pandemia, deverá receber no máximo 50 pessoas por vez e também contará com um café aberto ao público.

***
Da Redação. 

 

Virginia Woolf, a autora inglesa, que mudou a nossa maneira de entender a literatura. Foto: Divulgação.Virginia Woolf, a autora inglesa, que mudou a nossa maneira de entender a literatura. Foto: Divulgação.

Imagine fileiras de prateleiras com livros assinados exclusivamente por escritoras. Essa cena se tornará real com a inauguração da Gato Sem Rabo, livraria com obras produzidas por mulheres.

Segundo o blog Babel, do Estadão, o estabelecimento estará de portas abertas para o público a partir do dia 14 de abril. A concepção da livraria é da empresária Johanna Stein, que se inspirou no ensaio Um Teto Todo Seu, de Virgina Woolf, para a escolha do nome.

Em 65 m², ela vai abrigar 5 mil exemplares de 1.500 títulos, garimpados no catálogo de cerca de 150 editoras. São obras de ficção e não ficção, dos clássicos à literatura infantil, para mostrar a diversidade dessa produção. Além da compra dos livros, o espaço será destinado para um debate em torno da leitura com rodas de conversa, clube do livro e lançamentos.

Imagem: reprodução.Imagem: reprodução.

Essa parte acontecerá apenas em um momento possível diante da pandemia. As vendas físicas acontecerão de terça a domingo no seguinte endereço: Rua Amaral Gurgel, 338, Vila Buarque, São Paulo.

Para entregas em São Paulo, outra opção é garantir os livros por WhatsApp. Ainda neste ano, um e-commerce da Gato Sem Rabo será lançado. Para mais informações, entre nas redes sociais da livraria: (Instagram) @gato.sem.rabo

***
Fonte: Blog Babel / Estadão.

Hoje em dia, existem mais de 430 fundos imobiliários no Brasil. Foto: Getty Images.Hoje em dia, existem mais de 430 fundos imobiliários no Brasil. Foto: Getty Images.

À medida que a crise financeira se estabelece de forma mais acentuada no Brasil, reflexo do elevado índice de desemprego e, sobretudo, falta de investimentos externos, o cidadão é impactado em seu dia-dia, seja em sua rotina profissional ou em perspectivas de vida de médio e longo prazo.

Diante deste contexto, muitos brasileiros buscam alternativas para a captação de recursos e, agindo na contramão da crise, passam a reunir condições para efetuarem aquisições, favorecendo a melhoria no seu padrão de vida e contribuindo para a tão sonhada estabilidade financeira. Seja por meio do fomento do empreendedorismo, ou pela injeção de capital no mercado financeiro, o complemento de renda que tanto seduz o cidadão pode tornar-se, muitas vezes, o grande meio de viabilização de recursos, se trabalhado com embasamento e conhecimento. E isso não está estritamente ligado a comprar apartamento em São Paulo

Do que se trata um fundo imobiliário?

Os carros compatíveis com a estrada serão beneficiados com alertas sobre sinalização, manutenção de via, etc. Imagem: Reprodução.Os carros compatíveis com a estrada serão beneficiados com alertas sobre sinalização, manutenção de via, etc. Imagem: Reprodução.

O estado da Virgínia, nos Estados Unidos, conta agora com uma estrada inteiramente conectada. O objetivo do empreendimento é reduzir acidentes de trânsito por meio de tecnologia C-V2X, que permite a conversa entre rodovia e carro. O feito foi anunciado na última quarta-feira (30) pelas empresas American Tower e Qualcomm, que estiveram à frente do projeto.