Como aproveitar a Feira do Empreendedor SP 2016 - São Paulo São


Entre os dias 20 e 23 de fevereiro, no Pavilhão do Anhembi, a cidade de São Paulo se tornará a capital do empreendedorismo. Com expectativa de receber mais de 120 mil pessoas, a Feira do Empreendedor SP 2016 exige uma série de cuidados para que os visitantes possam aproveitá-lo ao máximo. Por isso, confira as dicas de etiqueta e recomendações antes de ir ao evento. 
 
O primeiro passo que o visitante deve tomar é o do planejamento. Sem se programar direito, os empreendedores não conseguirão fazer bom proveito do evento. Para José Carmo de Oliveira, consultor de marketing do Sebrae-SP, os visitantes devem procurar a programação para selecionar as palestras que desejam assistir e definir os estandes que pretendem visitar.
 

“O ideal é fazer uma lista com tudo que for do seu interesse, começando do mais essencial até as atividades de menor importância”, diz Carmo. E essa ordem deve ser respeitada ao longo da feira: “as primeiras visitas devem ser as fundamentais. Não perca tempo com o que é dispensável”.

Outra recomendação é definir as visitas de acordo com os seus objetivos – normalmente diferentes entre aqueles que querem empreender e os que já são empreendedores. Se você possui uma empresa, vá atrás de estandes que possam proporcionar novas parcerias, busque fornecedores, priorize contatos que ajudem a aumentar as vendas ou a criar novos produtos, por exemplo.

Se você ainda não abriu sua empresa, comece pelas palestras sobre o tema. Depois, procure o atendimento pessoal, onde consultores do Sebrae e especialistas serão responsáveis por esclarecer dúvidas pontuais do seu futuro negócio. “Há muita informação disponível na feira para quem deseja se tornar um empreendedor”, diz Carmo.

Uma dica importante: as salas têm lotação limitada. Por isso, programe-se para evitar filas ou perder seu lugar. Inscreva-se nas palestras e nos atendimentos que pretende ir logo que chegar à feira.

O consultor lembra que, por motivos de segurança, não é permitido levar crianças ou adolescentes. A idade mínima para entrada é de 14 anos.

Roupas confortáveis, água, pequenos lanches e até analgésicos são parte do kit básico do visitante. “Quando puder, saia do Pavilhão por alguns minutos, respire um ar puro e volte com mais ânimo. A feira pode ser exaustiva, mas vale a pena”, diz Carmo.

Não perca tempo e faça já sua inscrição para a Feira do Empreendedor SP

***
Redação: Pequenas Empresas, Grandes Negócios.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio