O Instituto Chão faz conexão direta com alimentos orgânicos, a preços de produtor - São Paulo São

Um espaço na Vila Madalena, coração boêmio de São Paulo, chama atenção de quem passa. Tamanho movimento por ali tem uma explicação: o espaço vende alimentos orgânicos pelo preço que foi adquirido do produtor ou da distribuidora.

Você já pensou em pagar R$ 1,92 no expresso? E R$ 0,92 num cafezinho coado? Esses são preços cobrados no Instituto Chão (Rua Harmonia, 123, Pinheiros). O valor inclui apenas o custo para eles. Para que a ideia continue em prática, porém, os clientes são convidados a pagar R$ 0,35 a cada R$ 1,00 do valor […] Segundo os sócios, a ideia não é gerar lucro e sim tornar os orgânicos mais acessíveis à população.

Feira completa no Instituto Chão: o ativismo passa por carregar caixas todos os dias. Foto: Breno Castro Alves Feira completa no Instituto Chão: o ativismo passa por carregar caixas todos os dias. Foto: Breno Castro Alves

As frutas e verduras orgânicas expostas na entrada do local também funcionam com o mesmo esquema. Há opções como berinjela, abobrinha, melancia, mexerica e melão. 

Cinco dos sete associados do Instituto Chão em 2015: Luiz Fernando Schreiner, Thiago Gardia, Carol Morelli, Vitor Mortara e Vladimir Paternostro. Foto: Breno Castro Alves. Cinco dos sete associados do Instituto Chão em 2015: Luiz Fernando Schreiner, Thiago Gardia, Carol Morelli, Vitor Mortara e Vladimir Paternostro. Foto: Breno Castro Alves.

A iniciativa surgiu com os amigos de infância Thiago Guardia e Fabio Mendes e logo ganhou o apoio de mais de cinco sócios. Segundo eles, a lógica de negócios do Chão é ao contrário. Quanto mais gente estiver comprando, mais barato vai ficar, porque a logística fica mais fácil para os produtores.

Chegaram a pensar numa empresa de gestão de resíduos, reciclagem, depois surgiu a ideia de lidar com plantas ornamentais, que todos gostaram. Porém, ao pesquisarem melhor o cenário, entenderam que a demanda maior mesmo é por alimentação.

 parte interna acomoda os produtos artesanais, um balcão e o caixa. No corredor externo, vendem-se espécies ornamentais e cerâmicas de Cunha, SP. Foto: Gabriel Chiarastelli. parte interna acomoda os produtos artesanais, um balcão e o caixa. No corredor externo, vendem-se espécies ornamentais e cerâmicas de Cunha, SP. Foto: Gabriel Chiarastelli.

Encontraram um setor onde os pequenos produtores são historicamente mal remunerados. Os grandes varejistas trabalham com padronização de formato e cor dos vegetais, qualquer variação vira descarte. Também pagam pouco e geralmente em consignação, o que sobra é responsabilidade do agricultor buscar e dar conta das perdas.

Horta no sítio do Toninho. Foto: Reprodução / Instituto Chão.Horta no sítio do Toninho. Foto: Reprodução / Instituto Chão.Os gastos do Chão ficam expostos em um quadro negro pendurado acima do caixa. Ali, estão discriminados o preço gasto com frete, salários e taxas de cartão. A fonte de renda do instituto são os próprios frequentadores do local, que podem contribuir com o necessário para cobrir os custos operacionais ou com quanto puderem para a manutenção do projeto.

O Instituto Chão pratica a transparência para conscientizar o público sobre a proposta do espaço. Foto: Divulgação.O Instituto Chão pratica a transparência para conscientizar o público sobre a proposta do espaço. Foto: Divulgação.

Na loja da Vila Madalena, é possível encontrar uma variedade de hortifrútis, chocolates, óleos, bebidas, queijos e patês, tudo mais em conta.

Serviço

Instituto Chão
Rua Harmonia, 123 - Vila Madalena - São Paulo/SP
De segunda a sábado das 8h às 14h.
Site passa por manutenção mas tem informações interessantes.
Siga a página do Facebook.

***
Da Redação.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio