'Escuta as Minas': Spotify abre casa musical para mulheres em São Paulo - São Paulo São

Spotify inaugurou a Casa de Música Escuta as Minas na zona oeste de São Paulo – uma casa de musica feita por mulheres e para mulheres. Inicialmente, a empresa selecionou 12 artistas com carreiras em ascensão e músicas originais para entrar na casa.

O Spotify já selecionou 12 artistas para participar do projeto e, em setembro, abrirá inscrições para que 12 novas mulheres possam entrar na casa. Foto: Divulgação.O Spotify já selecionou 12 artistas para participar do projeto e, em setembro, abrirá inscrições para que 12 novas mulheres possam entrar na casa. Foto: Divulgação.

Segundo a organização, as mulheres terão a oportunidade de criar, produzir e gravar músicas no local, que conta com sala de mixagem, estúdio, espaço para workshops, eventos e audições.

Além delas, em setembro o Spotify abrirá inscrições para outras 12 artistas entrarem na casa, que funcionará por seis meses em São Paulo. Monique Dardenne, Camila Garógalo, Bia Rizzini, Letícia Tomás, Flavia Biggse a equipe do Spotify serão responsáveis pela seleção das inscritas.

Além de toda a estrutura disponível para gravar singles ao lado de profissionais como Lahn Lahn, Mahmundi, Florência Akamine, Bia Paiva, Lilla Stip e Allyne Cassini, essas mulheres também terão a oportunidade de participar de workshops, eventos, shows e rodas de debate com artistas como Negra Li, Priscilla Alcântara, MC Pocahontas e Maiara & Maraísa.

Projeto de empoderamento

Inicialmente, a plataforma selecionou 12 artistas de diferentes gêneros para passar pela experiência. Imagem: Reprodução.Inicialmente, a plataforma selecionou 12 artistas de diferentes gêneros para passar pela experiência. Imagem: Reprodução.

Uma etapa anterior do projeto, realizada em 2018, trouxe artistas conhecidas da cena musical brasileira como Elza Soares, Mart’nália, Karol Conká, Maiara & Maraisa, MULAMBA, As Bahias e a Cozinheira Mineira, Tiê e Lan Lahn. O objetivo agora é fazer com que as mulheres selecionadas, com a carreira em ascensão, consigam criar, produzir e gravar dentro da Casa, que possui estúdio completo, sala de mixagem, espaço para workshops, eventos e audições.

Para a produção de singles, elas poderão contar com a ajuda de profissionais experientes, como Lahn Lahn, Mahmundi, Florência Akamine (mixagem e masterização), Bia Paiva (técnica de som), Lilla Stip (engenheira de som), Allyne Cassine (engenheira de som), entre outros.

Além do suporte na produção, essas mulheres poderão participar de workshops, eventos, shows, rodas de debate e outras atividades. E as cantoras/bandas terão “madrinhas”, como Negra Li, Priscilla Alcântara, MC Pocahontas e Maiara & Maraísa, artistas que estão envolvidas na iniciativa e disponíveis para conversas.

Imagem: reprodução.Imagem: reprodução.

Como parte de divulgação da campanha, o Spotify lança diversos vídeos com artistas mulheres para falar sobre algum aspecto do seu trabalho. Eles divulgaram um vídeo com a cantora Pitty, que conta como é ser mulher na área musical. 

Em setembro haverá uma nova seleção, mas para a etapa atual 12 artistas já foram selecionadas: 1LUM3, Ni Munhoz, Barbara Amorim, LUDI, Bibi Caetano, Souto MC, Marujos, Urias, Nina Oliveira, Samantha Machado, The Monic e Lauana Marques.

A plataforma criou a playlist "Escuta as Minas", que contém 75 músicas de artistas nacionais de diferentes gêneros, entre elas Clarice Falcão, IZA, Preta Gil e Elza Soares. Nessa seleção, também foram incorporadas músicas de algumas das 12 participantes para que o público possa conhecer seu trabalho.  

***
Fonte: Rota Cult

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio