Coletivo urbano lança mapa virtual com mensagens de futuro; frases vão inspirar pedestres - São Paulo São

E se, no contexto da pandemia e do isolamento social, fosse possível escrever uma frase de futuro para um lugar de afeto? Imagem: Reprodução.E se, no contexto da pandemia e do isolamento social, fosse possível escrever uma frase de futuro para um lugar de afeto? Imagem: Reprodução.

O projeto #MAPEANDOFUTUROS tem a proposta de, através da cidade, mapear desejos em relação ao futuro no contexto da pandemia do novo coronavírus. A população é convidada a escrever mensagens em um mapa virtual e algumas frases vão ser pintadas em calçadas do endereço escolhido no mapa. Quem assina a iniciativa é o coletivo CalçadaSP. O lançamento acontece no próximo dia 5 de agosto e duram todo mês. No mapa virtual as participações podem acontecer em todo o país, e por enquanto as intervenções artísticas de rua estão previstas para a capital paulista.

Todo mundo tem lugares preferidos na cidade. A rua da casa onde passou a infância, o endereço de um trabalho em que guarda boas lembranças, a calçada onde passeava com o pet inesquecível que não está mais aqui. A história de cada um(a) está marcada em diferentes espaços urbanos, e esse foi o ponto de partida do mapeandofuturos.

"E se, no contexto da pandemia e do isolamento social, fosse possível escrever uma frase de futuro para um lugar de afeto? Nossa ideia surgiu com uma pergunta", explica Wans Spiess, a publicitária é cofundadora do coletivo idealizador da iniciativa. "No CalçadaSP, acrescenta Wans, "usamos linguagens lúdicas para chamar a atenção à calçada e incentivar o caminhar. Ou seja, a atividade acontece muito na rua e com a quarentena tivemos que explorar novos caminhos. Entrou em campo, assim, o digital."

Pelo site mapeandofuturos.com.br as pessoas acessam um colorido mapa virtual, digitam o endereço de um ponto de afeto da cidade e escrevem uma mensagem ao local. "Uma frase para reinventarmos o amanhã coletivamente", afirma outro cofundador do CalçadaSP, o também publicitário Tony Nyenhuis. "Com tantas notícias negativas no presente, achamos ser importante projetarmos mensagens positivas para um novo amanhã", diz Tony. "Mapear desejos através dos pontos de afeto das pessoas com os lugares. Virar um pouco a chavinha do hoje para o futuro.”

No mapa virtual, os usuários também escolhem uma cor simbolizando sentimentos. Todas as frases são acompanhadas com cores, e a expectativa dos realizadores é que em breve o mapa vire uma paleta colorida de anseios. O coletivo reforça o poder das cores e das palavras na ajuda do distensionamento dos efeitos da pandemia, que vem afetando a saúde mental das pessoas. Outro ponto de destaque do 'Mapeando', como os criadores se referem ao projeto, é que algumas frases vão ganhar as ruas. Ou seja, as participações saem do espaço digital e vão ao presencial para inspirar quem passa.

"A gente literalmente quer colocar mensagens positivas no caminho das pessoas que passarem pelas frases, escritas antes pela própria população", salienta Wans. O coletivo diz serem pílulas criativas para despertar sentimentos em quem caminha. No caso, o sentimento de reinventar o futuro a partir do momento atual. "Se olharmos o passado", exemplifica Tony, "uma outra pandemia, depois de superada, fez surgir em Florença o período da Renascença. Qual vai ser o próximo passo quando superarmos o novo coronavírus? É necessário olhar para frente e pensar que tipo de sociedade e de mundo podemos ter no pós-pandemia. Tudo começa com um desejo e a cidade, maior invenção da espécie humana, é território fértil para reinvenções. Nós somos a cidade."

"La peste a Firenze". Luigi Baccio del Bianco, 1630. Imagem: Museo della Misericordia di Firenze."La peste a Firenze". Luigi Baccio del Bianco, 1630. Imagem: Museo della Misericordia di Firenze.

Para realizar a iniciativa, o CalçadaSP apresentou o projeto à Sherwin-Williams que com a marca Colorgin aceitou caminhar junto. Com recursos para a construção do mapa virtual e também nas intervenções artísticas em calçadas, que vão usar dois produtos da empresa: NovaCor Piso, tinta líder de mercado, e Colorgin Arte Urbana, uma das marcas preferidas por grafiteiros. Artistas apoiados pela empresa também participarão com seu talento e criatividade. Inicialmente, as intervenções estão previstas para a cidade de São Paulo. Mas o coletivo planeja expandir a outras localidades, uma vez que a participação no mapa virtual deve acontecer no país inteiro. Se colaboração é o melhor caminho para o melhor amanhã possível, mapeandofuturos acerta ao juntar coletivo, participação popular e parceria propositiva com empresas.

Serviço

Iniciativa: #mapeANDOfuturos
Site (mapa virtual): mapeandofuturos.com.br
Contato: [email protected]
Período da ação: a partir do próximo dia 5 e durante o mês de agosto.
Realização: CalçadaSP (Instagram @calcadasp). 
Oferecimento: Sherwin-Williams e Colorgin. 
Apoio: Deevo Designer comunicação: Daniel Cardim.

***
Com informações CalçadaSP.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio