Prefeitura de São Paulo suspende restrições de ocupação, horários e distanciamento social - São Paulo São

 A prefeitura de São Paulo publicou na última quinta-feira (28) um decreto que suspende as recomendações de restrição de público, horários e de distanciamento para estabelecimentos públicos e privados na capital. As regras, que estavam em vigor por conta da pandemia de Covid-19, ficam suspensas já a partir da quinta passada.

Também foram suspensas as portarias que determinavam protocolos sanitários específicos para diferentes setores, como academias e cinemas, por exemplo.

No decreto, a prefeitura afirma que atribui o decreto à "grande participação da população", que teria "transformado o Município de São Paulo como Capital da Vacina", segundo a gestão municipal.

Apesar do novo decreto, o uso de máscara continua obrigatório na capital. Além disso, o comprovante de vacinação contra a Covid-19 com pelo menos uma dose segue necessário para a entrada em todos os eventos com público superior a 500 pessoas. O documento poderá ser apresentado por aplicativo de celular, chamado E-saúde, ou em formato físico.

Inicialmente, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) chegou a afirmar que o comprovante seria obrigatório para bares, restaurantes e shoppings. Após pressão do setor, no entanto, a gestão municipal voltou atrás e definiu que a medida será opcional para esses estabelecimentos.

Banda Quimbara em show na Casa de Francisca que reabriu suas portas. Foto: Divulgação.Banda Quimbara em show na Casa de Francisca que reabriu suas portas. Foto: Divulgação.A obrigatoriedade do comprovante vale para shows, feiras, congressos e jogos. Para os demais estabelecimentos e setores, o passaporte é apenas "recomendado". Em caso de descumprimento, há previsão de interdição do local e multa que varia de acordo com o tamanho do estabelecimento.

O governo estadual encerrou em 17 de setembro as restrições da quarentena de limite de horário e de público nos estabelecimentos e serviços. Mas a realização de shows com público em pé e eventos com aglomeração continuam proibidas pelas regras estaduais.

Shows com público em pé, pistas de dança e ocupação máxima em eventos esportivos devem ser liberados pelo governo estadual em 1º de novembro.

Como baixar o comprovante de vacinação

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, os participantes dos eventos poderão baixar o QR Code do “passaporte da vacina” no aplicativo E-saúde, da Secretaria Municipal da Saúde.

É necessário fazer um cadastro com dados do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), data de nascimento, nome completo, e-mail e telefone.

Caso não tenha acesso ao aplicativo, também é possível apresentar o comprovante físico que é entregue no momento da imunização.

A Secretaria Estadual da Saúde também oferece o comprovante de vacinação em formato digital por meio do aplicativo do Poupatempo Digital (saiba como baixar aqui).

Além disso, o cidadão também pode emitir o chamado "passaporte" ou certificado de vacinação no Conecte SUS, o aplicativo oficial do Ministério da Saúde. O certificado emitido pelo aplicativo Conecte SUS pode servir para qualquer circunstância, e tem opções em português, espanhol e inglês.

***
Com informações do G1.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio