Mega exposição no Jardim Botânico de Nova York presta homenagem a Roberto Burle Marx - São Paulo São

Seção “Modernist Garden" da exposição. Cortesia de NYBG.Seção “Modernist Garden" da exposição. Cortesia de NYBG.

O Jardim Botânico de Nova York (New York Botanical Garden - NYBG) inaugurou no último dia 8 de junho uma grande exposição sobre a obra do paisagista, pesquisador e artista brasileiro Roberto Burle Marx.

Aberta ao público até o dia 29 de setembro, a mostra é a primeira a combinar exuberantes jardins em tributo aos projetos do paisagista com uma galeria dedicada às suas pinturas, desenhos e tapeçarias, revelando as conexões entre sua prática artística e seu comprometimento com a conservação da natureza.

Nova York ganha ares tropicais com a arte viva de Roberto Burle Marx. Foto: Cortesia de NYBG.Nova York ganha ares tropicais com a arte viva de Roberto Burle Marx. Foto: Cortesia de NYBG.

A exposição ocupa diferentes partes do NYBG, incluindo o Modernist Garden - projetado por Raymond Jungles, arquiteto paisagista de Miami e pupilo de Burle Marx - cujo desenho de piso é inspirado no calçadão de Copacabana, o Explorer’s Garden, onde foram alocadas plantas típicas da floresta tropical, o Water Garden, que recebeu palmeiras, bromélias e uma parede de samambaias, além de uma galeria que recebe a seção Art of the Sitio, apresentando aos visitantes o Sítio Roberto Burle Marx, propriedade no Rio de Janeiro adquirida pelo paisagista em 1949 onde cultivava diferentes espécies vegetais e recebia amigos, entre os quais Lúcio Costa, Rino Levi e Oscar Niemeyer.

A Seção “Modernist Garden" tem desenho de piso inspirado no calçadão de Copacabana. Cortesia de NYBGA Seção “Modernist Garden" tem desenho de piso inspirado no calçadão de Copacabana. Cortesia de NYBG

 

Tapeçaria de Robert Burle Marx é exibida na Galeria de Arte da Biblioteca Lu Esther T. Mertz no Jardim Botânico de Nova York. Foto: NYBG. Tapeçaria de Robert Burle Marx é exibida na Galeria de Arte da Biblioteca Lu Esther T. Mertz no Jardim Botânico de Nova York. Foto: NYBG.

"Roberto Burle Marx (1909–94) foi uma força da natureza no Brasil - através de suas ousadas paisagens, arte vibrante e compromisso apaixonado pela conservação da vegetação." A exposição no NYBG explora a tríade arquitetura-paisagismo-pintura, campos que no trabalho de Burle Marx caminharam sempre juntos, borrando seus limites e se sobrepondo de modo a criar uma obra consistente e bastante abrangente.

Sítio Roberto Burle Marx, 2014. Foto: Livia Comandini / Getty ImagesSítio Roberto Burle Marx, 2014. Foto: Livia Comandini / Getty Images

Roberto Burle Marx pintando em sua casa no Rio de Janeiro, nos anos 80. Foto: Claus Meyer / Tyba.Roberto Burle Marx pintando em sua casa no Rio de Janeiro, nos anos 80. Foto: Claus Meyer / Tyba.

Aqueles que não tiverem a oportunidade de visitar o Jardim Botânico de Nova York e prestigiar uma das maiores exposições sobre Roberto Burle Marx já realizadas fora do Brasil, podem desfrutar de uma experiência virtual com o guia online disponibilizado pelo NYBG.

***

Fontes: NYBG Metropolis via ArchDaily. Edição: São Paulo São.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio