Iniciativa divulga lugares e projetos para desacelerar em SP - São Paulo São


Conheci o site Desacelera SP em uma matéria na internet e pensei: como temos afinidades. O blog Passeios Baratos em SP também repensa a relação dos cidadãos com São Paulo, estimulando as pessoas a passearem pela cidade a pé e a observar São Paulo com um olhar mais atento valorizando os detalhes e a beleza que não é tão explícita como outras metrópoles turísticas. A proposta do Desacelera SP está conectada ao "Movimento Slow" que mapeia lugares e agrega pessoas que querem repensar a relação com o tempo e com o ritmo frenético da cidade e da vida moderna.

O movimento tem como propósito contribuir para a divulgação, a difusão e a propagação de um estilo de vida desacelerado, em que sejam respeitados o tempo e a ordem natural das pessoas, de forma que elas possam ser mais felizes, produtivas e saudáveis. "Trata-se de um estilo de vida contrário à cultura da velocidade que impera nos tempos atuais, em ritmo alucinante e desenfreado, e que tem nos levado à exaustão", explica Eduardo Cordeiro, um dos idealizadores do projeto.

Uma das principais ações do Desacelera SP é um mapa colaborativo de lugares, espaços e iniciativas que manifestam ou promovem uma vida desacelerada na cidade.  Neste mapa tem vários lugares bacanas para quem quer desacelerar e ter um estilo de vida mais saudável e consciente. Alguns exemplos do que você vai encontrar no mapa: Centro Paulus, Jardim Botânico, Sítio Humanaterra, Parque da Água Branca, Casa da Francisca outros. "Também queremos reunir pessoas e instituições sintonizadas com esta proposta, e por isso, outras frentes de ação do projeto são oficinas, encontros e eventos que tratam do assunto", enumera Cordeiro.

A estrutura do Centro Paulus, em Parelheiros, é simples, mas bem aconchegante. Foto: Divulgação.


Ele conta que o conceito de desacelerar está relacionado com contemplar, desfrutar, conviver com afeto, refletir, cuidar, brincar. "Tem a ver com o que é natural, orgânico, consciente, que se concretiza quando falamos de alimentação saudável e orgânica, maternidade e paternidade ativas, economia solidária, ocupação de espaços na cidade, mobilidade, consumo consciente e outras iniciativas que buscam resgatar o sentido do humano no tempo e nadar contra a corrente da velocidade que nos arrasta cotidianamente", explica.

Slow Movement e Devagar

O projeto está conectado a um movimento mundial que luta pelo respeito ao tempo e ao ritmo natural das pessoas e da vida, o Slow Movement, que tem no 'slow kids' e no 'slow food' suas principais vertentes. "É um movimento que ganha força e corpo em todo mundo todos os dias, com gente que busca formas de estar presente no presente e resignificar o tempo nos tempos modernos", conta Cordeiro.

Uma das grandes referência do movimento - e que também inspira os idealizadores do Desacelera SP - é o livro "Devagar", do francês Carl Honoré (São Paulo: Record, 2005). Na obra, o autor sistematiza as reflexões do Slow Movement em diversas frentes: alimentação, crianças, medicina, cidades e até no sexo.

***
Parceria de conteúdo do São Paulo São com o blog Passeios Baratos SP. Texto Patrícia Ribeiro.

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio