Programa 'Ciclofaixa de lazer' de São Paulo pode voltar com patrocínio de empresa de mobilidade - São Paulo São

Foto: Uber / Divulgação.Foto: Uber / Divulgação.

Ao completar 10 anos de atividades, em agosto de 2019 o programa Ciclofaixa de Lazer da cidade de São Paulo ganhou um amargo presente: o encerramento da parceria entre a Prefeitura e o Banco Bradesco, que patrocinava a iniciativa. Desde então a ciclofaixa, que acontecia aos domingos e feriados nacionais das 7h às 16h cruzando diversos trechos da cidade, havia deixado de acontecer. Na semana passada, porém, a Uber entregou seu termo de interesse em se tornar patrocinadora da iniciativa, e custear o serviço por um ano.

Foto: Uber / Divulgação.Foto: Uber / Divulgação.

Nenhuma outra empresa demonstrou interesse, e agora a prefeitura irá avaliar a proposta da Uber – que, sendo aprovada, será implementada em 30 dias. Não há, porém, prazo para a prefeitura apresentar sua resposta, nem há ainda confirmação de que projetos ligados à gestão anterior, como SOS Bike de apoio mecânico aos ciclistas ou Bike Tour de passeios guiados terão continuidade. O envelope da Uber foi aberto em sessão pública na manhã de segunda-feira, dia 17, e a ata foi publicada no dia seguinte no diário oficial.

Divulgação: Uber / Divulgação.Divulgação: Uber / Divulgação.

No final do ano passado a empresa Innovia chegou a ser anunciada como patrocinadora, mas o não cumprimento de um dos ítens do edital a desclassificou. O projeto da Ciclofaixa de Lazer foi criado em 2009 durante a gestão Gilberto Kassad (PSD) começando no Parque Ibirapuera e foi ampliado durante a gestão Fernando Haddad (PT), mas pouco avançou na administração João Dória (PSDB).

Antes de sua interrupção possuía 117 km de extensão divididos em 9 trechos: Paulista/Jabaquara (18.61 km); Paulista/Centro (16.2 km); Jabaquara/Ibirapuera (10.2 km); Ibirapuera/Parque do Povo (7.9 km); Parque do Povo/Villa Lobos (15 km); Brasil/Paulo VI (8.5 km); Parque do Povo/Chuvisco (13.4 km); Zona Norte (7.9 km) e Zona Leste (19.1 km).

***
Por Vitor Paiva no Hypeness.



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio





 
 
APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio