12.000 moradores, zero carros: o novo distrito de Utrecht na Holanda, vai priorizar pedestres e ciclistas - São Paulo São

O novo distrito da cidade parece destinado a ser cheio de atividades que unirão a comunidade. Foto: Broekman and Akro.O novo distrito da cidade parece destinado a ser cheio de atividades que unirão a comunidade. Foto: Broekman and Akro.

Mesmo para os padrões holandeses, a cidade de Utrecht é incrivelmente adequada para ciclistas e pedestres, mas há planos para torná-la ainda mais adequada.

Considerando que em grande parte do restante da cidade os motoristas são tratados como convidados em “fietstraats” - ou ciclovias -, quase não haverá nenhum carro no distrito de Merwede, que logo será reconstruído; lojas, escolas e outras amenidades estarão a uma curta caminhada, e o centro de Utrecht, um quilômetro ao norte, estará a uma curta distância de bicicleta.

O estilo de vida basicamente livre de carros na Holanda tem, obviamente, a ver com o amor dos holandeses por bicicletas. Ilustração: Marco Broekman and Okra.O estilo de vida basicamente livre de carros na Holanda tem, obviamente, a ver com o amor dos holandeses por bicicletas. Ilustração: Marco Broekman and Okra.

Um plano de desenvolvimento urbano para transformar radicalmente um parque industrial à beira do canal que atravessa o centro da cidade de Utrecht, foi elaborado em conjunto com dez proprietários de terrenos.

O plano, negociado com os habitantes locais, prevê que num local de 60 acres (aproximadamente 243 mil metros quadrados) será implantado um subúrbio denso e ecológico sem carros até 2024. O projeto prevê um distrito de uso misto de 17 quarteirões para 12.000 moradores, nenhum dos quais precisaria usar carros particulares para suas necessidades diárias.

A  zona do canal Merwede era originalmente um parque empresarial, mas será transformada nos próximos anos. Imagem: Marco Broekman and Okra.A zona do canal Merwede era originalmente um parque empresarial, mas será transformada nos próximos anos. Imagem: Marco Broekman and Okra.

Maike Koch, porta-voz do município, concorda que Utrecht é uma "cidade muito favorável para bicicletas", mas que, no entanto, "o espaço público ainda é amplamente determinado pelos carros". Ela diz que Merwede “será diferente” porque “o espaço público nesta área central será livre de carros com um design verde de alta qualidade”.
 
Merwede, acrescenta: “será um distrito da cidade com tudo para o dia a dia, como um supermercado, escolas primárias e secundárias e serviços médicos, a curta distância. As pessoas podem fazer compras, trabalhar e praticar esportes no bairro e relaxar em um terraço na praça da cidade.”

Haverá um skatepark, muitos restaurantes e cafés agradáveis ​​e até uma parede para escaladas. Ilustração: Marco Broekman and Okra.Haverá um skatepark, muitos restaurantes e cafés agradáveis ​​e até uma parede para escaladas. Ilustração: Marco Broekman and Okra.

Outro aspecto crucial do novo bairro é a ideia de que será voltado para a economia circular. Isso significa criar o mínimo de resíduos possível e usar o mínimo possível de novos recursos.  Além do projeto que exclui principalmente carros, Merwede terá outras características ecológicas, como aquecimento e refrigeração fornecidos através de um canal: esta será a maior instalação de armazenamento subterrâneo de calor e frio na Holanda.

***
Por Carlton Reid na Forbes (Inglês).



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio