Encontros - São Paulo São

São Paulo São Encontros

Dar visibilidade à memória da população negra é o propósito da caminhada. Foto: Divulgação.Dar visibilidade à memória da população negra é o propósito da caminhada. Foto: Divulgação.

No próximo dia 17 de Março, paulistanos e turistas têm a última oportunidade do ano de conhecer o Centro da cidade sob outras perspectivas. A Caminhada São Paulo Negra convida o público a conhecer lugares importantes da história da população negra na cidade - como o Bairro da Liberdade.

O Sesc São Paulo realiza, entre 15 e 24 de março, o FestA! – Festival de Aprender em todas as unidades da capital, interior e litoral. A programação, que propõe uma celebração do fazer criativo e da experimentação, é composta por oficinas, ateliês para a família, bate-papos, feiras, vivências e demonstrações artísticas gratuitas e acessíveis a todos os públicos.

Os desfiles das escolas de samba de São Paulo acontecem nos dias 1º e 2 de março (sexta-feira e sábado), no Sambódromo do Anhembi. Foto: SPTuris.Os desfiles das escolas de samba de São Paulo acontecem nos dias 1º e 2 de março (sexta-feira e sábado), no Sambódromo do Anhembi. Foto: SPTuris.

Qual enredo de cada uma, como o carnavalesco pensou, de onde veio a inspiração. O carnaval de São Paulo também é feito de histórias inesquecíveis. Conheça os enredos segundo a ordem dos desfiles. Os desfiles do Grupo Especial composto por 14 participantes, apresentará seus sambas-enredos na sexta-feira, 1 de março, a partir das 23h15, e no sábado, 2 de março, a partir das 22h30 no Sambódromo do Anhembi.

A Mooca não é mais a mesma desde que começaram a surgir por ali alguns restaurantes e bares descolados, com boa comida e ambiente inspirado nos galpões industriais que contam a história da região. Um dos bairros mais antigos de São Paulo, inaugurado apenas 56 anos depois da chegada dos portugueses, está em plena transformação gastronômica.

A simpática vizinhança com ares de cidade do interior, que tem lugares célebres como a Confeitaria Di Cunto, fundada em 1935, o Bar do Elídio, de 1959, a Pizzaria São Pedro, de 1966, a Cantina do Marinheiro, de 1942, e o Don Carlini, de 1985, abriu espaço para casas hipsters.

Uma esquina escondidinha, no meio do Bosque da Saúde. Ali, uma fábrica surgiu produzindo doces e salgados em massa mil folhas, macarons, eclairs e muito mais no melhor estilo patisserie francês. A fábrica, que fornece para cafés, restaurantes e eventos, acabou abrindo uma lojinha ao lado. Resultado? Sucesso absoluto!