Encontros - São Paulo São

São Paulo São Encontros

Um novo cinema drive-in, gratuito e apenas com filmes brasileiros, chega a São Paulo no próximo dia 1º de agosto. Trata-se do Drive-In Paradiso, iniciativa filantrópica do Instituto Olga Rabinovich, com a Secretaria Municipal de Cultura, a Spcine e parceria do Cine Autorama e apoio da Alesp.

Os shows musicais eram realizados quase que diariamente no charmoso salão do local. Foto: Pablo Saborido.Os shows musicais eram realizados quase que diariamente no charmoso salão do local. Foto: Pablo Saborido.

As lives de música ocorrem desde os primeiros dias da quarentena. Algumas são mais amadoras, no estilo uma câmera e um violão. Outras, mais profissionais, reúnem banda completa, cenários e uma equipe de produção. Mas a Casa de Francisca, espaço musical localizado no prédio tombado Palacete Teresa, de 1910, encravado no centro histórico de São Paulo, pretende ir além. Com uma apresentação do compositor Guinga no último sábado, 18, às 21h, o espaço inaugurou o projeto "Até o Fim, Cantar", com shows sem público que receberão tratamento cinematográfico para transmissão via internet, às sextas e aos sábados. A diretora Laís Bodanzky, de filmes como Bicho de Sete Cabeças (2001) e Como Nossos Pais (2017), e atual presidente da Spcine, será a responsável pela curadoria.

O projeto “Belas Artes Drive-In no Memorial” chega ao Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir de 17 de junho. Foto: Wikicommons.O projeto “Belas Artes Drive-In no Memorial” chega ao Memorial da América Latina, em São Paulo, a partir de 17 de junho. Foto: Wikicommons.

Uma parceria entre o Petra Belas Artes e o Memorial da América Latina, com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, o Belas Artes Drive-in estará aberto ao público a partir do dia 17 de junho. Um espaço destinado à exibição de filmes em que o público assistirá à sessão dentro de seu próprio carro, respeitando o isolamento social.

Rua José Paulino, no Bom Retiro, em 1964. Foto: Folhapress / Acervo.Rua José Paulino, no Bom Retiro, em 1964. Foto: Folhapress / Acervo.

O Coletivo Pisa em parceria com a Escola da Cidade oferece no primeiro semestre de 2020 uma série de Cursos Livres organizados em três blocos temáticos: Memórias do chão que a gente pisa e dos rios que a gente não vê, Imigrações e Segregações: de Santa Ifigênia ao Bom Retiro e Espaços de Violência estatal e processos de memorialização.