Surpreenda-se com os museus inusitados de São Paulo - São Paulo São

Como todos sabem, São Paulo oferece inúmeras possibilidades de programas diferentes. O blog Passeios Baratos em SP selecionou alguns museus que são realmente fora do comum e que vale a pena serem visitados.

Museu dos Óculos Gioconda Giannini

Para quem, usa óculos há muito, é um mundo de descobertas. Existem modelos de todos os tipos: pince-nêz e lorgnons (clipes de nariz e óculos de uma só haste) usados antigamente exclusivamente pela elite europeia e as versões femininas lorgnettes (lórniête, isto é, óculos de uma só haste exclusivamente para mulheres), armações com hastes fixas sobre as orelhas até armações de plástico dos anos 1970 coloridas para combinarem com mini-saias, jeans e com toda a rebeldia daquela década. 

O passeio pelo Museu dos Óculos Gioconda Giannini é como entrar literalmente numa enciclopédia e poder folhear todos os artigos que narram a história desses objetos que foram e não deixam de ser, essenciais na história da humanidade. São cerca de 700 peças, das quais 350 em exposição permanente.  Outra dica é conhecer a loja que fica no mesmo casarão antigo e que, por sua vez, também traz em si, um pedacinho dessa história curiosa.

SiteMuseu dos Óculos Gioconda Giannini.
Onde fica: Rua dos Ingleses, 108, Bela Vista.
Horáriode 2a-feira a 6a-feira, das 9h às 18he aos sábados, das 9h às 13h. 
Grátis.

Inventolândia - Museu das Invenções

Os inventores já têm um endereço certo: o Museu das Invenções, também conhecido como Inventolândia. O museu é feito para quem tem veia criativa, gosta de pensar em soluções inovadoras e únicas. Nele se pode conhecer dentre outras preciosidades, o desodorante simultâneo, para quem quer borrifar o desodorante nos dois braços ao mesmo tempo e a bola quadrada. Para os artistas há o piano dobrável e, para aqueles que gostam de um telefone, mas não querem abrir mão de uma boa amizade, há o telefone duplo, ou seja, dois fones para que duas pessoas possam fazer ligações ao mesmo tempo.

Conhecer o Museu das Invenções é uma boa oportunidade para estimular a criatividade, despertar o interesse pela ciência e inovações tecnológicas. Quem sabe também não seja uma forma de se divertir simplesmente, observando objetos engraçados e desafiadores.

Site: Inventolândia
Onde ficaRua Dr. Homem de Melo, 1109, Perdizes.
Horáriode 2a-feira a 6a-feira, das 10h às 17h. R$ 15. 
Agendamento de visitas monitoradas pelo tel.: 3090 5101

Museu Oceanográfico do Instituto Oceanográfico da USP

No Museu encontra-se a Esfera ou Science on a Sphere que é exatamente isso, uma esfera, ou melhor, é a representacão do planeta Terra. O que chama a atenção é a sua proporção e o impacto que ela produz. Trata-se de um sistema de projeção de imagens obtidas por quatro projetores, sincronizados digitalmente. O sistema é patenteado pela NOAA (Núcleo de Ciências Atmosféricas e Oceânicas dos Estados Unidos) e pela NASA. A S.O.S. ou simplesmente a Esfera, é feita de policarbonato e tem aproximadamente 1,70 de diâmetro. Nela são projetados filmes temáticos sobre oceanografia, astronomia e ciências atmosféricas, por exemplo.

No Museu você também pode conhecer a origem da Terra e dos oceanos, saber mais sobre oceanografia, processos atmosféricos, geológicos e ecológicos, ver fósseis de baleias, visitar os aquários e ainda conhecer o batiscafo que foi desenvolvido por pesquisadores da USP em 1979.

SiteMuseu Oceonográfico
Onde ficaPraça do Oceanográfico, 191 - Cidade Universitária / USP.
Horáriosde terça a sexta-feira, das 9h às 17h.
As visitas são gratuitas, mas é necessário agendar pelo e-mail [email protected]
No local também é possível realizar empréstimos (organismos marinhos), em determinados horários, mediante descrição do material em ofício institucional.  
Tels.: (11) 3091-6587 / 3091-7149. 
Páginahttps://www.facebook.com/IOUSP/ 

Museu da Energia de São Paulo

Nas salas do Museu da Energia de São Paulo estão experimentos, equipamentos interativos e ainda são desenvolvidas atividades como jogos e projeções de filmes que são um convite para participar de experiências científicas e refletir sobre questões atuais envolvendo energia e seu futuro. É possível, por exemplo, observar a diferença do consumo dos eletrodomésticos da década de 1970 até os dias atuais. Outro roteiro propõe conhecer as memórias do Casarão construído entre 1890 e 1894 e sede atual do Museu.

Residência do cafeicultor Henrique Santos Dumont, o irmão do aviador, o casarão passou por períodos de adaptação e chegou a abrigar o Colégio Stafford e a Sociedade Pestalozzi. Para os apaixonados por arquitetura, um roteiro arquitetônico oferecido, permite o contato com aspectos técnicos dos processos de construção através de um acervo de fotografias que ainda mostra os detalhes da decoração das construções ao longo das épocas.  

Site: Museu da Energia de São Paulo 
Onde ficaAlameda Cleveland, 601, Campos Elísios.
Horários de terça-feira a sábado, das 10 às 17 horas.
Tel.:  (11) 3224-1489.
Grátis. 

Museu Tatoo Brasil

Se você é apaixonado pela body art aqui é o seu lugar. O centro da cidade reserva ótimas surpresas a cada nova visita. Berço das mais variadas tribos o centro, possui, além da arquitetura singular e das tradicionais lojas e bares, um museu inteiro dedicado a tatuagem e body art: o Museu Tattoo Brasil, o único dedicado a este segmento no país. 

Aparentemente escondido no primeiro andar do tradicional prédio Cadete Galvão, a coleção pessoal é mantida por seu fundador, o tatuador Elcio Sespede, conhecido como Polaco. O acervo reúne mais de 460 itens, divididos em quatro categorias: fotos, quadros, esculturas, réplicas e máquinas antigas para desenho e também pinturas e equipamentos do primeiro tatuador a chegar ao Brasil, o Lucky Tattoo, responsável pela introdução das máquinas elétricas de tatuagem no país. Em uma visita previamente agendada e guiada, é possível visualizar toda a evolução histórica dessa arte, cada vez mais difundida no país e no mundo.
 

Site: Museu da Tatuagem  
Onde ficaRua 24 de Maio, 225 – 1º andar, metrô República.
Horário de segunda a sexta, das 10h às 19h. Sábados, das 8h às 13h.  
Tel.: (11) 3222-8049. É preciso marcar a visita antecipadamente via telefone.  
Grátis.

Museu do Relógio

O Museu do Relógio Professor Dimas de Melo Pimenta é o único do gênero na América Latina e existe desde 1975. Conta com rico acervo de raridades da relojoaria e itens de grande valor técnico e histórico. Com certeza é uma viagem no tempo literalmente. São aproximadamente 650 peças, entra as quais se destacam modelos curiosos, como o relógio despertador com cafeteira. Tendência dos séculos XIX e XX, é um dos itens mais queridos do acervo e tem um mecanismo que prepara um xícara da iguaria minutos antes do despertar. Outro relógio curioso é o alemão Falante, que tem como caráter inovador a existência de um fonógrafo com mídia em celuloide. Há também o Relógio Atômico, dotado da técnica mais avançada em medição do tempo, cujo padrão de medida é a vibração de moléculas de Césio-133.

Site: Museu do Relógio 
Onde ficaAv. Mofarrej, 840 - Vila Leopoldina - Estação CPTM Vila Leopoldina.
Importanteavisitação, individual ou em grupos, deve ser feita por meio de agendamento prévio através do telefone (11) 3646-4000. Ela será acompanhada de um historiador que fornece detalhes sobre as peças e a história de cada uma delas.  

Itaú Cultural -  Espaço Olavo Setubal

O Itaú Cultural - Espaço Olavo Setubal abriga a exposição permanente de um extraordinário acervo de arte reunido pelo Banco Itaú que, após anos de preparação, foi inaugurado pelo Itaú Cultural em 2013. O espaço abriga a coleção Brasiliana, com suas 969 pinturas, gravuras, manuscritos históricos e livros, entre outros itens, que percorrem cinco séculos da produção artística brasileira, desde o descobrimento até o final do século XX. Destacam-se as obras de Post, Rugendas e Debret. 

No campo da numismática o espaço tem 395 peças que traçam a história das moedas cunhadas no Brasil, com um panorama também das medalhas e condecorações confeccionadas desde a chegada dos portugueses ao país. Os destaques ficam por conta das moedas de ouro do reinado de D. Maria I (1777-1805) e da primeira medalha cunhada no Brasil, em 1820, com a efígie de D. João VI.

Site: Itaú Cultural Espaço Olavo Setúbal
Onde ficaAvenida Paulista, 149 - metrô Brigadeiro.
Horáriosde terça a sexta-feira, das 9h às 20h; sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h.
Grátis.  

Museu dos Transportes

O passeio vale a pena! Além de conhecer parte da história dos transportes no Brasil, no Museu dos Transportes é possível conhecer o registro fotográfico que retrata períodos históricos marcantes do país, através dos inúmeros veículos de época. O museu guarda relíquias, como o primeiro bonde a circular no Brasil - no Rio de Janeiro, em 1859, e em São Paulo, em 1872 - até o primeiro trólebus de fabricação nacional, produzido em 1960. Integram o acervo sete veículos, cerca de 1.500 fotos e 1.500 livros, além de móveis, objetos e documentos sobre a evolução do transporte urbano. No salão de móveis estão as primeiras carteiras de habilitação da história, que autorizavam cocheiros, barqueiros, motorneiros e, finalmente, motoristas a guiar os vários tipos de veículo. O local expõe ainda passes e carteiras funcionais.

Site: Museu dos Transportes
Onde ficaAv. Cruzeiro do Sul, 780 - Canindé, Metrô Armênia.
Horáriode terça a domingo, das 9h às 17h. 
Agendamento de visitas monitoradas para escolas pelo telefone: (11) 3315-8884.
Grátis. 

Vozoteca

Abrigado pelo Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, a Vozoteca LEK é um museu diferente. Um convite para estudiosos e curiosos. LEK é o acrônimo que faz uma referência ao colecionador e doador do acervo que hoje compõe a Vozoteca: Luiz Ernesto Machado Kawall. Colecionador de arte popular e de cordéis, reuniu durante décadas os registros sonoros das cerca de 4.000 vozes de personalidades nacionais, como as de Cândido Rondon, Rui Barbosa, Santos Dumont, Washington Luiz, Juscelino Kubitschek, Getúlio Vargas, Monteiro Lobato, Dalva de Oliveira, Orlando Silva, Vicente Celestino, Carmen Miranda e Corifeu de Azevedo Marques, bem como de inúmeras personalidades  estrangeiras. Fazem parte do seu acervo LPs, K7s, VHSs, DVDs, CDs e fitas de rolo. A documentação encontra-se em fase de catalogação, mas é possível conhecê-la e fazer uma visita técnica ao arquivo, bem como pesquisar as coleções.

Site: Vozoteca Edifício Brasiliana
Onde ficaPraça do relógio Solar, 342, Cidade Universitária - Butantã USP.
Para agendar dia e hora, entre segunda e quinta das 10 às 17 horas, [email protected]

Museu da Lâmpada

O Museu da Lâmpada, tem um grande acervo que trata de pesquisa, materiais e equipamentos onde se pode ver a linha do tempo desde a descoberta do fogo e a invenção da lâmpada até o desenvolvimento das mais modernas tecnologias em iluminação. A visita é recomendada para escolas e grupos, por conta de seu caráter didático e inovador. A visita educativa tem em média uma hora e meia de duração, baseada em pesquisas e referências, com o objetivo de provocar reflexões sobre o universo da lâmpada / iluminação.

Para visitá-lo, é necessário fazer um cadastro no site. As visitas só serão agendadas depois do e-mail de confirmação enviado pela equipe do Museu. A entrada é grátis, mas é necessário levar 1kg de alimento não perecível. As doações ajudam várias instituições que são parceiras do Museu.

Site: Museu da Lâmpada
Onde ficaAv. João Pedro Cardoso, 574, Jabaquara,  tel.: (11) 2898-9358.
Horário: de segunda a sexta das 9h às 18h. 
Ingressodoação de 1kg de alimento não perecível.

***
Por Patrícia Ribeiro. Parceira de conteúdo do São Paulo São com o blog Passeios Baratos SP.