Em sua 10ª edição, Prêmio Trip Transformadores encanta os convidados com histórias inspiradoras - São Paulo São

A noite de terça-feira, do dia 8 de novembro, não poderia ter sido tão especial. A 10ª edição do Prêmio Trip Transformadores emocionou a todos que estiveram no Auditório Ibirapuera. Os convidados, responsáveis pela entrega dos troféus, destacaram por muitas vezes o imenso orgulho e o prazer por fazerem parte de mais um capítulo dessa história incrível.

Sócio-fundador da Trip Editora, Paulo Lima comemorou os 10 anos da premiação e destacou a importância de vivermos mais uma noite repleta de momentos significativos. “Essa noite tem um poder mágico de tirar a gente do turbilhão insano que vivemos para escapar do turbilhão da mediocridade”.

Dando início à festa, o mestre de cerimônia oficial desde sua primeira edição Lee Taylor, comandou o evento – que misturou homenagens presenciais e projetos audiovisuais produzidos ao longo do ano com os homenageados – com muita seriedade. Já as apresentações musicais ficaram por conta da cantora brasileira de Jazz, Leny Andrade, que deixou todos os convidados surpreendidos com sua experiência artística, assim como a cantora, percursionista e pesquisadora da cultura africana, Nãnan Matos inspirando a todos. Já CIA BASE, deixou todos sem fôlego com as incríveis apresentações verticais. A surpresa da noite foi liderada pelo cantor Sidney Magal, que encantou cantando a música Onde Anda Você, de Vinicius de Moraes.

Fotos: Mariana Pekin.Fotos: Mariana Pekin.O primeiro homenageado da noite, foi a dupla Daniel Izzo e Antonio Ermirio de Moraes Neto, da Vox Capital. Pelas mãos de David Feffer, presidente da Susano Papel e Celulose e a jornalista Maria Prata, Daniel representou a dupla e recebeu o troféu. “Chamo todo mundo para usar a maior parte do seu tempo e recurso para fazer o bem”.

German Lorca, o mais experiente dos premiados, fotógrafo paulistano de 94 anos, reconhecido pelas expressivas fotos, não escondeu a emoção ao receber o troféu pelas mãos de Marcelos Dantas e Maurício Parisi. ” Sou um colecionador de imagens, por isso é difícil fazer uma apresentação com palavras. O mais certo é agradecer as pessoas aqui presentes. Obrigado a todos os envolvidos em um projeto tão enriquecedor”.

Com toda sua simpatia, Sandra Annenberg indagou a todos os presentes como ficou tanto tempo sem presenciar um evento inspirador. ” É o meu primeiro Trip Transformadores, mas me pergunto como fiquei tanto tempo sem. Aqui tem muita energia reunida, transformando a realidade. Estou honrada de participar”. Ao lado de Luiz Sanchez, da Almap, a jornalista entregou o prêmio para Luiz Alberto Mendes, que não escondeu a urgência de olharmos para a população carcerária. ” Imagine um sujeito que vive em uma cela minúscula, sem poder se esticar. Agora imagina aquele sujeito, hoje, com 64 anos recebendo uma premiação. Minha história começou quando percebi que eu e todos os outros somos importantes para o mundo. Agradeço ao Paulo Lima e ao pessoal da Trip que esteve comigo em todos os momentos”.

Fotos: Mariana Pekin.Fotos: Mariana Pekin.

Os esportistas Flavio Canto e Lars Grael fizeram questão de elogiar todos os homenageados. Eles entregaram o prêmio para Fernando Fernandes, que se emocionou com as palavras ditas pelos convidados. ” É um prazer estar recebendo essa gratificação pela mão desses dois caras. Quando eu estava no fundo poço, percebi que tinha muita gente comigo e, nesse momento senti a responsabilidade de colocar a mão na massa. Sem dúvida, é o maior troféu da minha vida, porque eu sou a representação para as pessoas”.

Cozinheiro e jurado do MasterChef, Érick Jacquin e Igor Puga, diretor de marca e marketing do Santander foram responsáveis por homenagear Hans Dieter, idealizador do projeto Cidade Sem Fome. ” É uma honra estar aqui. O pessoal da Trip sempre foi extremamente simpático comigo. Todos que estão aqui transformam o mundo, colaborando uns com os outros. Quero agradecer a todos que estão com a gente. É uma grande alegria”.

A médica Adriana Melo se emocionou ao receber a gratificação de Arthur Grynbaum, presidente do Boticário. “Quero dizer que toda vez que eu recebo um prêmio, na verdade, quem merece são as mães, que me ajudam diariamente para entendermos a doença. Quem fala aqui, com toda essa emoção, é a Adriana, que em muitas vezes tem que dar a notícia e nem sempre sabe como falar. Esse ano foi muito difícil, mas continuamos na luta para que todas essas crianças tenham uma vida decente”.

Fotos: Mariana Pekin.Fotos: Mariana Pekin.

Responsável por debater sobre racismo, a atriz Tais Araújo recebeu o troféu das mãos da apresentadora Adriana Couto e Claudia Lorenzo, vice-presidente de comunicação e sustentabilidade da Coca-Cola, e destacou a necessidade da sociedade discutir a causa. “Eu seria incapaz de falar sobre racismo sem chorar. Esse prêmio é de cada mulher e de cada homem negro”.

Em seguida,o apresentador Pedro Bial entregou o prêmio para Marinalva Dantas, que dedica sua vida e trabalho para acabar com a escravidão no Brasil. “Trazer a público essa luta vai ecoar seu trabalho para libertar pessoas submetidas à condições desumanas de exploração e abuso”.

Luciano Huck e Tadeu Jungle não economizaram nos elogios para a cineasta Estela Renner. ” Estela é uma das grandes pessoas que o Paulo Lima reúne para fazer do Brasil um país melhor”, explicou o apresentador. Também muito emocionada, Estela enalteceu a importância de fazer parte da história dos Transformadores. ” Paulo e Trip, muito obrigada. Me inspirei muito por aqui hoje. Só queria dizer o quando me sinto honrada de poder fazer filmes com sentido, que carregam responsabilidades e muitas decisões. Sou muito feliz pela minha família no Maria Farinha Filmes, que segue acreditando e compartilhando os meus valores que eu”.

Forte foi a palavra que a cantora Fafá de Belém usou para definir a homenageada Berna Reale, que agradece o reconhecimento de seu trabalho. ” Realmente é um prazer estar aqui. O prêmio social me faz enxergar que meu trabalho é para todos. Quero agradecer a cada pessoa que entra na minha vida e me ajuda. A Trip que reconhece meu trabalho, e por fim, minhas filhas, por todas as ausências e por nunca me deixarem desistir”. 

***
Com informações da Revista Trip. Mais sobre o evento aqui!

 



APOIE O SÃO PAULO SÃO

Ajude-nos a continuar publicando conteúdos relevantes e que fazem a diferença para a vida na cidade.
O São Paulo São é uma plataforma que produz conteúdo sobre o futuro de São Paulo e das cidades do mundo.

bt apoio