João Carlos Martins rege concerto de Natal da Orquestra Bachiana Filarmônica e coral formado por 25 crianças refugiadas - São Paulo São

O Teatro Santander recebe nos dias 16, 17 e 18 de dezembro o primeiro concerto de natal regido pelo maestro João Carlos Martins, que se apresenta ao lado da Orquestra Bachiana Filarmônica Sesi-SP e de um coral formado por 25 crianças refugiadas da África e da Síria.


O espetáculo conta com a participação dos tenores Jean William, Marcus Loureiro e Daniel Soufer, que entoam canções como “Então é natal”, de John Lennon, “O sole mio”, de Eduardo di Capua, e “Amigos para siempre”, de Andrew Lloyd Webber.  

A orquestra

Foto: Fernando Mucci / Platinum Photimagem.Foto: Fernando Mucci / Platinum Photimagem.

Mantida pelo SESI-SP, a orquestra, formada por jovens e experientes instrumentistas de diversas idades, sob a direção do maestro João Carlos Martins, representa ação relevante no apoio à música erudita e ao desenvolvimento de seus integrantes. Assim, ao mesmo tempo em que contribui para a formação de talentos e abre múltiplas oportunidades profissionais, leva a cultura da música erudita a milhares de brasileiros, apresentando-se no interior do Estado, em periferias das grandes cidades e em renomados teatros, difundindo e valorizando a música clássica de alta qualidade técnica e artística.

Fundada em 2004, a orquestra não tardou a ganhar o merecido reconhecimento. Após cinco temporadas em que se apresentou pelo Brasil, encantou o público americano com cinco atuações de gala - duas no Carnegie Hall, em 2007 e 2008, e três no Lincoln Center, em 2009, 2010 e 2011.

João Carlos Martins

Foto: Fernando Mucci / Platinum.Foto: Fernando Mucci / Platinum.

João Carlos Martins (1940), maestro considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach (1685-1750), atingiu um patamar raramente alcançado por outros músicos brasileiros no século XX. Um dos pontos altos de sua carreira foi a gravação da obra completa para teclado desse gênio da música. Logo após, devido a problemas físicos, teve que abandonar a carreira de pianista, canalizando sua paixão para a regência.

Símbolo de superação e talento, João Carlos Martins iniciou seus estudos de piano aos oito anos e, três anos depois, começava sua carreira no Brasil. Aos dezoito, já estava tocando no exterior. Teve como um dos pontos altos de sua carreira a gravação da obra completa de Bach para teclado. Por problemas físicos, abandonou os palcos como pianista no ano de 2002, mas não deixou a música de lado e retornou aos palcos em 2004 como maestro.

Hoje, aos 75 anos, é regente e diretor artístico da Bachiana Filarmônica SESI-SP, já lançou 25 álbuns, escreveu um livro sobre sua vida, intitulado “A Saga das Mãos”, é o único brasileiro a ter sua vida registrada por cineastas europeus por duas vezes, e conta com um registro fotobiográfico, lançado na ONU. Junto com a Fundação Bachiana, coordena o projeto A Música Venceu, que tem o objetivo de democratizar o acesso à música clássica e contribuir para a formação de crianças e adolescentes de áreas carentes do Brasil.

Participação dos tenores Jean William, Marcus Loureiro e Daniel Soufer. Foto: Fernando Mucci/PlatinumParticipação dos tenores Jean William, Marcus Loureiro e Daniel Soufer. Foto: Fernando Mucci/Platinum

Teatro Santander

O Teatro Santander é considerado um dos mais modernos do mundo e o primeiro teatro multiuso de São Paulo, com quatro possibilidades diferentes de configuração, o que permite realizar no local desde shows musicais, desfiles de moda e eventos corporativos até grandes produções da Broadway sem a necessidade de qualquer adaptação. A versatilidade se deve ao exclusivo sistema de poltronas retrátil, que pode acomodar 1.100 pessoas sentadas ou até 1.800 espectadores em outros formatos. Construído pela WTorre, o Teatro Santander tem 13.000m² de área construída e é o único teatro do país com 56 varas cênicas motorizadas. O investimento para erguer o empreendimento superou os R$ 100 milhões.

Serviço 

Concerto “João Carlos Martins e Fundação Bachiana apresentam solos de natal com o coral das crianças refugiadas”.

Data: 16 às 21h, 17 às 17h e às 21h, e 18 de dezembro às 18h.
Censura: Livre. 
Tempo de espetáculo: 90 minutos.

Os ingressos desse espetáculo estão à venda e as entradas podem ser compradas na bilheteria do Teatro Santander, nos sites entretix.com.br ou https://www.ingressorapido.com.br/ e nos demais pontos de vendas.

Foto: Tuca ReinésFoto: Tuca Reinés
Bilheteria Oficial (sem taxa de conveniência).

Teatro Santander – 
Complexo do Shopping JK Iguatemi - Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041. 

Horário de Funcionamento: 
Domingo a Quinta, 12h às 20h ou até início do espetáculo. 

Sexta e Sábado: 12h às 22h. 

Vendas Online: (Taxa de Conveniência Incluída) http://www.teatrosantander.com.br/bilheteria ou entretix.com.br
Informações e compras: (11) 4003-1022.


Desconto no Taxi: Cliente Santander pode ir e voltar tranquilo com o Santander Meia Bandeira. Quem paga a corrida de táxi com cartão Santander pelo app Easy pode ter até R$ 15 de desconto. Basta selecionar a opção Meia Bandeira na hora de pedir o táxi pelo app.

A promoção acontece de quinta a sábado das 20h às 6h da manhã seguinte. Válida até 31/12/16 ou até completarem 200 mil corridas pelo app, o que ocorre primeiro.

***
Este conteúdo é um oferecimento do Banco Santander