Caetano Veloso, Emicida, Fernanda Abreu e polos descentralizados na 14ª edição da Virada Cultural - São Paulo São

Tablados temáticos, exibição de filme ao ar livre, parque de diversões e polos descentralizados marcam a 14ª edição da Virada Cultural.Tablados temáticos, exibição de filme ao ar livre, parque de diversões e polos descentralizados marcam a 14ª edição da Virada Cultural.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove no próximo fim de semana, a 14ª edição da Virada Cultural, um dos principais eventos do calendário cultural da cidade. A Virada tem como objetivo promover convivência em espaço público, convidando a população a aproveitar mais a cidade de São Paulo e seus espaços culturais e de lazer por meio da arte, da música, da dança e das manifestações populares. A edição de 2018 acontece a partir das 18h de sábado, dia 19 de maio até as 18h de domingo, dia 20.

Entre os nomes confirmados para as atividades no centro da cidade estão: Caetano Veloso (com o bloco Tarado ni Você), É o Tchan, o show da Xuxa, Balão Mágico, Nação Zumbi, Ira!, Fat Family, Fernanda Abreu, Emicida, entre outros.

Linn da Quebrada, Karol Conka, Caetano, Elza Soares e muito mais na programação desta Virada Cultural 2018.Linn da Quebrada, Karol Conka, Caetano, Elza Soares e muito mais na programação desta Virada Cultural 2018.

Neste ano, o evento conta com tablados temáticos pelas ruas do Centro da cidade, que contemplam diversos gêneros musicais, que vão do rock ao samba e de cultura popular aos hits dos anos 90. Dentre as novidades deste ano estão o parque de diversões no Vale do Anhangabaú, que terá carrinho bate-bate e roda gigante e, cinema ao ar livre na Rua XV de Novembro.

“Queremos proporcionar experiências novas para o público. Teremos parque de diversão, alguns tablados inéditos e o cinema ao ar livre”, pontua o secretário municipal de Cultura, André Sturm.

Todos os gêneros no Centro

Fernanda Abreu. Foto: Fernando Yokota / Nação da Música.Fernanda Abreu. Foto: Fernando Yokota / Nação da Música.

O Largo do Arouche recebe as atrações que foram sucesso nos anos 90. Dentre os destaques estão Fat Family, às 11h e Fernanda Abreu, às 15h, de domingo.

O Anhangabaú terá uma homenagem ao programa do Chacrinha. Por lá, passarão nomes que foram lançados por este ícone da televisão brasileira. A dupla Jane e Herondy abre a programação às 18h de sábado. Na madrugada, o público vai poder se divertir com os sucessos de Léo Jaime, às 21h, Gretchen e Valesca Popozuda à meia-noite e Byafra, às 3h.

A Praça da República vai contar com o tablado Queer com a presença das drags Gloria Groove e Aretuza Lovi, entre outras artistas.

O Boulevard São João terá apresentação de cantores que apresentarão sucessos de um disco marcante da sua carreira.  Por lá passarão IRA!,  que tocará “Vivendo e Não Aprendendo” de 1986 e Nação Zumbi que interpreta o segundo disco da banda ,“Afrociberdelia”, de 1996.

A esquina da Rua Consolação com a Rua Xavier de Toledo será o ponto de partida dos cortejos que serão embalados pelo bloco Tarado Ni Você e o grupo É o Tchan e muito mais.

A Biblioteca Mário de Andrade terá uma programação de leituras dramáticas, intervenções, teatro e exibição de filme. Para abrir a programação na BMA, haverá um bate-papo sobre a vida e a obra de Hilda Hilst, que será homenageada em leituras dramáticas ao longo da Virada. Dentre elas, está “O Caderno Rosa de Lori Lamby”, texto que será interpretado pela atriz Iara Jamra, no domingo às 18h.

A Ópera La Traviata abre a programação da Virada Cultural no Theatro Municipal de São Paulo, no sábado às 18h.

Instituições que formam o corredor cultural da Avenida Paulista: Japan House, SESC Paulista, Itaú Cultural, Centro Cultural SESI, Instituto Moreira Salles, Museu de Arte de São Paulo – MASP, Instituto Cervantes integram a programação com suas atividades.

No Centro Cultural São Paulo, o Grupo Galpão apresenta o sarau literomusical “De tempo somos”, dirigido por Lydia Del Picchia e Simone Ordones e criado para marcar a celebração dos 35 anos de existência da companhia. O trabalho reúne textos sobre a passagem do tempo e o processo de criação artística, além de 25 canções do repertório musical do grupo. As apresentações acontecem no dia 19, às 21h e no dia 20, às 20h.

Virada descentralizada

Parque da Juventude na Zona Norte de São Paulo. Foto: Divulgação.Parque da Juventude na Zona Norte de São Paulo. Foto: Divulgação.

Outra novidade desta edição é a presença de novos espaços públicos que receberão shows e atividades artísticas de várias linguagens e serão polos descentralizados. Os palcos regionais ficam na Chácara do Jockey, na Praça do Campo Limpo, no Parque da Juventude e em Itaquera.

Estreiam nesta edição da Virada, a Itaquerão com programação voltada ao samba e pagode e o Parque da Juventude, com uma programação bem eclética para toda a família.

A Chácara do Jockey , que foi um sucesso de público na edição passada, receberá uma programação jovem com Nação Zumbi no palco principal, Titica no coreto e Pilantragi e Venga Venga! na área do pic nic, entre muitos outros nomes.

Durante a Virada, o rapper Emicida, DJ Hum e o sambista Diogo Nogueira vão passar pela Praça do Campo Limpo. O Centro Esportivo Tietê entra na Virada com o Palco Gospel.

As Casas de Cultura e Bibliotecas de várias regiões da cidade vão participar da Virada com apresentações de diversas linguagens artísticas.

Virada acessível

Para incentivar a inclusão e a participação de pessoas com deficiência, a Virada Cultural deste ano conta com uma novidade: dentre as diversas atrações espalhadas por toda a cidade de São Paulo, mais de 75 delas contarão com tradutores de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescrição.

Uma das principais apresentações este ano é o show da Xuxa, que terá assistência para o público surdo. Além de shows, algumas peças de teatro e stand-ups também terão um intérprete de Libras no local.

Já as peças na Biblioteca Mário de Andrade, além de terem o tradutor de Libras, também vão incluir a audiodescrição, para que o público que tiver deficiência visual possa acompanhar. O público pode contar ainda com o auxílio da audiodescrição no espetáculo "11 Selvagens", no teatro Alfredo Mesquita, e no cinema XV de Novembro.

A 14ª edição da Virada Cultural acontece nos dias 19 e 20 de maio, das 18h de sábado às 18h de domingo. Para conferir a lista completa de atrações acessíveis, basta acessar o site da Secretaria Municipal de Cultura.

E confira a programação completa da Virada no site!

***
Com informações da Secretaria Municipal de Cultura.