Gratuito, 9º Shimano Fest, o festival das bicicletas, tem atrações para todas as idades - São Paulo São

O Shimano Fest 2018 será uma das maiores edições da história do evento. Foto: Divulgação.O Shimano Fest 2018 será uma das maiores edições da história do evento. Foto: Divulgação.

É de impressionar o crescimento do Shimano Fest nos últimos tempos. O evento, organizado pela tradicional marca japonesa de peças de bike, começou tímido nove anos atrás, e hoje virou um dos principais acontecimentos a agitar o mercado de bicicletas e o público de São Paulo.

Se antes se resumia mais a uma feira, tornou-se agora um festival, com estandes, oficinas de mecânica, espaço para mulheres, uma ótima gama de testes de bikes e até campeonatos. Gratuito, ganhou fãs de todas as idades — na edição de 2018, espera receber mais de 30 mil pessoas, entre os dias 14 e 16 de setembro.

O Shimano Fest sai do Jockey Club, onde aconteceu por anos, e passa a ser realizado no Memorial da América Latina. No total, cerca de 200 marcas ligadas ao universo da bike mostram seus principais produtos e lançamentos. É uma ótima chance de ver, por exemplo, como o mercado brasileiro de fabricantes de bike vem evoluindo, com modelos e acessórios cada vez melhores — e mais em conta que as versões importadas.

Exposição de bikes e equipamentos e uma variada série de test rides são algumas das atrações da feira. Foto: Divulgação.Exposição de bikes e equipamentos e uma variada série de test rides são algumas das atrações da feira. Foto: Divulgação.

São marcas como a Sense, a Groove e a Audax, que estão investindo em tecnologia e design e conseguindo preços finais bem competitivos.

Ainda tem dúvida se uma bike brasileira é uma boa opção? Então faça um teste com algumas nacionais disponíveis no Shimano Fest e tire a prova. Marcas internacionais também estarão lá, com seus sempre bem desenvolvidos produtos.

Boa oportunidade também para testar as cada vez mais presentes bikes elétricas, que têm arrebatado ciclistas não só nas cidades como nas trilhas. As e-mountain bikes estão ficando mais leves, mais bonitas e mais divertidas. Teste uma durante o festival para você ver como é a brincadeira.

Com foco no crescente público feminino, o Shimano Fest oferecerá um espaço inteiramente dedicado às mulheres, com oficinas mecânicas e outras ações (como massagem e aulas de funcional). As crianças ganham atenção com a Arena Kids, onde serão realizados diversos eventos — incluindo até um desafio de bike balance (aquelas bicicletas sem pedais usadas para quem está começando a se equilibrar em duas rodas).

O Shimano Fest sai do Jockey Club, onde aconteceu por anos, e passa a ser realizado no Memorial da América Latina. Foto: Divulgação.O Shimano Fest sai do Jockey Club, onde aconteceu por anos, e passa a ser realizado no Memorial da América Latina. Foto: Divulgação.

Outra novidade é uma competição de mountain bike, nas categorias profissionais, elite feminina e elite masculina. Participarão 130 atletas, alguns olímpicos e com chance de disputar os Jogos de Tóquio em 2020.

Além desses eventos todos, os visitantes poderão ver de perto os últimos lançamentos de bikes, acessórios e roupas, com especialistas das marcas explicando e tirando dúvidas.

Se o sucesso se repetir, o final de semana do Shimano Fest vai lotar o Memorial, com filas para entrar e testar as bikes. Mais uma amostra importante do quanto a bicicleta vem crescendo no coração dos paulistanos, em uma revolução de mobilidade e esporte não mais tão silenciosa assim.

Durante o evento, haverá oficinas de bike e bate-papos com especialistas. Foto: Divulgação.Durante o evento, haverá oficinas de bike e bate-papos com especialistas. Foto: Divulgação.

Se puder, dê um pulo no Shimano Fest. Vale a pena. Ver centenas de criancinhas e pais se divertindo com o simples ato de pedalar é um baita sopro de esperança para todos nós.

Serviço

Shimano Fest 2018.
Quando: 14, 15 e 16 de setembro.
Onde: Memorial da América Latina
Dia 14: Apenas para imprensa e lojistas (10h às 20h).
Dias 15 e 16: das 10h às 17h.
Bicicletário: 1.000 vagas.
Entrada gratuita (a organização pede que o público contribua com 1 kg de alimento não perecível).

*** 
Por Erika Sallum em seu blog Ciclocosmo.