'Startup Weekend SP 50+' promove jornada de inovação e empreendedorismo intergeracional - São Paulo São

Hoje, 12% dos empreendedores no Brasil têm mais de 55 anos. Foto: Getty Images.Hoje, 12% dos empreendedores no Brasil têm mais de 55 anos. Foto: Getty Images.

A longevidade é um fenômeno mundial. É cada vez maior a quantidade de pessoas com mais de 50 anos com saúde e disposição para manter atividades econômicas e sociais numa fase da vida em que as gerações anteriores procuravam descanso ou, no máximo, alguma atividade de lazer.

No Brasil são 54 milhões de pessoas nessa faixa etária, aproximadamente 22% da população. Em dez anos, essa proporção deverá ser de 51%. Até 2045, a estimativa é de que a população brasileira com 50 anos ou mais salte para 93 milhões de pessoas. A importância desse grupo é crescente na economia.

Embora apenas 8% entre eles sejam empregadores, os maduros movimentam atualmente cerca de R$ 1,6 trilhão por ano. A longevidade é um fenômeno mundial. É cada vez maior a quantidade de pessoas com mais de 50 anos com saúde e disposição para manter atividades econômicas e sociais numa fase da vida em que as gerações anteriores procuravam descanso ou, no máximo, alguma atividade de lazer.

A startup Maturijobs, com 82 mil cadastrados, aposta nos profissionais com mais de 50 anos. Imagem: Divulgação.A startup Maturijobs, com 82 mil cadastrados, aposta nos profissionais com mais de 50 anos. Imagem: Divulgação.

Vivemos e viveremos cada vez mais a era dos novos velhos: pessoas maduras que se recusam a parar de trabalhar. Querem se manter em atividade para garantir a sobrevivência, mas não só por isso. Uma característica importante desse grupo é a busca por oportunidades de realização pessoal. Para as pessoas com mais de 50 anos, a atividade profissional deve incluir algum propósito de vida e oferecer oportunidades de contribuir para a construção de um mundo melhor.

Um dos grandes desafios desse grupo etário é o de compatibilizar a disposição para o trabalho com outro fenômeno contemporâneo: a oferta de empregos também vem diminuindo em alta velocidade.

O Fórum Econômido Mundial prevê que até 2021 cerca de 7 milhões de empregos serão eliminados em todo mundo apenas com consequência da incorporação de novas tecnologias. Essa mudança atingirá não apenas os trabalhadores com mais de 50 anos. Ela afetará diretamente as gerações mais jovens, desde os chamados millenials até os profissionais mais maduros. O problema, portanto, exigirá soluções cada vez mais conjuntas que apontem saídas profissionais que incluam todas as gerações.

Habilidades humanas como criatividade, originalidade, pensamento crítico e inteligência emocional não estão desaparecendo. Foto: Getty Images.Habilidades humanas como criatividade, originalidade, pensamento crítico e inteligência emocional não estão desaparecendo. Foto: Getty Images.

Uma das respostas para essa questão está no empreendedorismo intergeracional,  que une a sabedoria e a experiência de quem passou dos 50 anos com a criatividade e a energia dos mais jovens. Uma pesquisa da consultoria McKinsey mostra que, para cada posto de trabalho eliminado pelo avanço da tecnologia, 2,4 novos serão criados, especialmente em startups. Vivemos um momento ideal para combinar diferentes elementos e criar novas ideias de negócios. 

O evento Startup Weekend São Paulo 50+ que acontece nos dias 28, 29 e 30 de junho vai mergulhar neste universo e proporcionar novos desafios para os maduros.

O encontro será uma oportunidade de descobrir: Quem são as pessoas maduras? Quais são suas dores? Quais são seus propósitos? Como vivem? Qual a relação com a tecnologia? Como desejam empreender? O que podemos aprender juntos?

A proposta é fazer um mergulho para compreender diversas áreas que comportam empreendimentos conjuntos e permitem a criação de negócios que contemplem o estilo de vida, a saúde, a afetividade, a relação com a cidade e o ambiente, a educação para o trabalho ou para  o lazer e as viagens desse novo grupo que pessoas que será a marca do século 21.

Inscreva-se no Startup Weekend São Paulo 50+ e participe! O São Paulo São apoia a iniciativa.

***
Mara Sampaio é psicóloga social, mestre em qualidade de vida no trabalho. Consultora organizacional, palestrante  e autora do livro: atitude empreendedora- descubra com Alice seu país das Maravilhas.