O que você precisa saber para dizer não sei

Imagine você em uma festa de final de ano esperando o espocar da champanhe e pronto para o tilintar das taças quando um velho amigo se aproxima e diz:

-Você me desculpe, mas, o que de fato significa isso que você está fazendo?

– Coaching? respondi

– Sim, aliás, preciso confessar uma coisa, você é a primeira pessoa que conheço que faz esse trabalho. Na verdade lá atrás quando falamos e você mencionou estar iniciando uma carreira nova, pensei com meus botões, o que será que esse maluco está inventando agora? Mas, confesso; não tive coragem de revelar minha ignorância.

– Pois é, respondi, há algum tempo venho percebendo que muitas pessoas não sabem o que significa o Coaching, mas, são poucas aquelas que atravessam o receio de parecerem ignorantes para entenderem o significado.

Curiosamente poucos dias depois, durante uma viagem, tive a oportunidade de ler um livro chamado ‘Pense como um Freak’, onde os autores, Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner, citam uma pesquisa acadêmica que segundo eles, vem desmentir a crença de que a expressão menos pronunciada pelo povo britânico é eu te amo. Para os autores o resultado da pesquisa revelou que a maior dificuldade para os ingleses é dizer não sei, atitude ligada a preservação do status.

Mas o que colocamos em jogo quando fingimos saber algo que não sabemos?

Que oportunidade perdemos?

Descobertas da neurociência comprovam que podemos treinar nosso cérebro como se treina um músculo.

Obviamente a questão aqui não está ligada somente ao fato de preparar o cérebro para assimilar mais conhecimento, e sim, prepará-lo também para desenvolver novos comportamentos.

Temos uma grande chance de nos prepararmos para desenvolver um comportamento ético.

Quando fingimos saber algo que não sabemos, nos colocamos em risco, além de perdermos a oportunidade de aprender algo novo.

Porém, dependendo da situação, podemos colocar em risco outras pessoas.

Mas, voltando a minha festa e ao meu velho amigo; respondi:

– O Coaching é uma grande oportunidade. Onde através de uma parceria nos aproximamos de entendimentos que nos permitem responder diante de algo que não sabemos:

– Não sei, mas estou pronto para aprender.

***
Adi Leite é Life & Career Coaching certificado pela sociedade brasileira do coaching, fotógrafo e jornalista. Escreve quinzenalmente no São Paulo São.

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.