ONG ‘SampaPé!’ lança mapa para conhecer a pé o bairro do Bixiga

De olho em tantas atrações, patrimônios, na complexidade do bairro e acreditando na importância do caminhar, a ONG SampaPé! lançou o mapa “Bixiga a Pé!”, um mapa com as diversas camadas históricas e culturais do Bixiga para percorrer o bairro a pé.

Camadas do Bixiga

Para explorar as diversas camadas o mapa chama atenção para elementos do bairro que remetem às suas histórias. Para isso, conta com uma introdução histórica ao bairro e vinte e nove (29) locais de visita e observação organizados em oito categorias: teatros, museus, monumentos, igrejas, casas históricas, entretenimento, ruas e praças.

Sobre as ruas, por exemplo, o mapa destaca alguns nomes que remetem ao fato de lá ter sido um quilombo, ou seja, lugar de refúgio de negros escravos, como as ruas 13 de maio (data da abolição da escravatura) e da abolição. Ao apontar casarões e teatros conta sobre lugares que foram de imigrantes de diferentes origens, como a mansão Hasbaya, de libaneses, a Igreja Nossa Senhora da Achiropita, de italianos e o Teatro Ruth Escobar, de portugueses.

Imagem: Reprodução / SampaPé!

Além disso, o mapa mostra os rios que estão encobertos abaixo de ruas e avenidas na região, e inclusive, onde está a nascente do Saracura, rio que tem seu curso principal junto a avenida 9 de julho.

Para estimular o caminhar o mapa aponta alguns detalhes e informações específicas a caminhantes. O mapa mostra o raio de 15 min a pé, como forma de gerar autonomia, estimular a caminhada e mostrar a facilidade de acesso ao bairro. Neste raio, por exemplo, estão quatro estações de metrô: Brigadeiro e Trianon-Masp da Linha Verde, e Vergueiro e São Joaquim da Linha Azul.

Além disso, dá sugestões de percursos e dicas para caminhadas exploratórias, que vão desde vestimentas e acessórios essenciais até como aguçar seus sentidos durante a caminhada.

Onde encontrar o mapa

Imagem: SampaPé! Divulgação.

A tiragem do mapa foi de 10 mil unidades, e está sendo distribuído nos apoiadores localizados no Bixiga, Cantina Conchetta, Lab do Mundo Pensante e Casa Jardim Secreto. Além do restaurante Vita Natural na região da Paulista, dentro do perímetro do mapa.           

Por que o Bixiga?

O Bixiga foi o bairro onde o SampaPé! deu o pontapé inicial em agosto de 2012 e é um dos bairros mais caminháveis, históricos, diversos e emblemáticos de São Paulo – bairro negro, italiano, imigrante, de inspirações do Adoniran, do samba, reduto nordestino e descolado. Apesar de sua localização privilegiada, muitos visitantes e paulistanos desconhecem as atrações e possibilidades de percorrer o bairro a pé.

Saiba mais sobre o SampaPé! no site da ONG e em suas páginas no FacebookInstagram Medium.

***
Por Romullo Baratto no Arch Daily.

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.