Paris criará espaço ao ar livre para os adeptos do nudismo

De acordo com a associação França Espaços Naturistas, a prática atrai todos os anos 1,5 milhão de veranistas a praias e colônias de férias do país, arrecadando € 250 milhões para o setor anualmente. A maioria dos turistas nudistas, 60%, são estrangeiros, especialmente holandeses, alemães, belgas e britânicos.

Paris tem uma “demanda respeitável” por espaços nudistas

Outras cidades europeias, como Berlim, Munique e Barcelona são célebres por adotar a doutrina em espaços públicos. “O nudismo se desenvolve e Paris não conta até o momento com um local que permita a prática”, defendeu o vice-presidente do grupo de vereadores ecologistas, que lideram a causa.

Já o vice-prefeito de Paris, Bruno Julliard, lembrou que com mais de uma centena de praias e diversas colônias nudistas, a França é reconhecida no mundo pela prática, mas Paris, onde há “uma demanda respeitável”, deixa a desejar no quesito.

Antes da inauguração oficial do espaço, Julliard afirmou que um local será designado para testes. “Talvez um dos bosques da capital francesa, próximo de um lago, mas sem que isso cause prejuízos para a ordem pública”, sugeriu.

***
Fontes: RFI e Libération (*original).

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.