Poesia, música e arte para celebrar os 15 anos da ‘Cooperifa‘

“Para nós, da Cooperifa, é muito importante a Mostra, são quinze anos de atividades. É um grupo de pessoas que nunca desistiu da periferia e tudo que faz é para a periferia. A gente não tem nem sede, tudo que fazemos é num bar. Valeu a pena sonhar, essa mostra é a confirmação de um trabalho. É preciso resistir e a Cooperifa é resistência”, afirma o poeta Sérgio Vaz, integrante e um dos fundadores do coletivo.

A mostra cultural contará também com o campeonato de futebol “Festival Várzea Poética”, marcado para o dia 16, com participação de dez times apoiados pela Cooperifa. Os jogos serão narrados pelo “Narra Várzea” e os intervalos das partidas serão embalados por um grupo de samba.

Como nos anos anteriores, os eventos serão sempre na periferia da zona sul de São Paulo. “Um dos pilares da Cooperifa é o incentivo à leitura e formação de novos leitores, de um novo público para a arte. Por isso organizamos a arte da periferia para a periferia. São Paulo já tem uma agenda do centro e a gente quer criar a nossa própria agenda”, afirma Sérgio Vaz.

Programação

Na mostra, o público tomará contato com o trabalho de nomes já consolidados do cenário cultural brasileiro, assim como o de outros menos conhecidos. As escritoras Cidinha Silva e Ana Maria Gonçalves, por exemplo, dividem uma das mesas de debate com a jovem poeta Jeniffer Nascimento. Também são presença confirmada os escritores Marcelino Freire, Akins Kintê e Elizandra Souza. Haverá ainda apresentações especiais do Balé Capão Cidadão e do balé afro Kotebam.

O Cinema na Laje, evento realizado durante o ano inteiro pela Cooperifa, terá edição especial no dia 17, com presença do cineasta Renato Cândido, que participará de um debate com o público após a exibição dos três filmes previstos pela programação: Jenifer (Renato Cândido), A Boneca e o Silêncio (Carol Rodrigues) e Preto(Elton Martins).

A programação será aberta por um show da cantora Fabiana Cozza, que apresentará canções interpretadas por Clara Nunes. Em outros palcos, o público ouvirá importantes vozes do rap paulista como Cocão A Voz, Jairo Periafricania, Inquérito, Negredo, Fuzzil. O rapper Criolo encerrará a mostra, no dia 23.

***

Por Redação RBA.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.