Programa Centro Aberto amplia espaço para pedestres na Liberdade

O passeio mais largo foi implantado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) por meio de pintura de solo da cor verde. A intervenção foi iniciada no último fim de semana em uma extensão de 188 metros, no lado par da via, no trecho entre a praça da Liberdade e a rua Américo de Campos. Com a medida, a calçada ampliada varia entre 1,5 metro e 3,5 metros de largura.

Segundo levantamentos realizados pela CET, cerca de 64 mil pessoas circulam a pé pela rua Galvão Bueno, em um domingo de compras, entre 9h e 19h. Esse número representa 95% dos frequentadores, em contraste aos menos de 4 mil (5%) que passam de carro ou moto. Nesse contexto, antes da intervenção os 5% que circulam em veículos motorizados tinham à disposição 56% do espaço da rua, sendo a área restante –as estreitas calçadas– ocupada pelos pedestres. Em horários de pico, 25% das pessoas chegavam a circular pelo asfalto, junto aos carros. Por isso, o projeto prioriza a segurança e o conforto do pedestre, promovendo uma melhor experiência aos visitantes da região.

Abertura da rua

A segunda etapa da intervenção na rua Galvão Bueno será a abertura da via para pedestres aos finais de semana e feriados, das 9h às 19h. A operação será iniciada em 2 de janeiro de 2017. Durante o período de grande fluxo de turistas e comerciantes, o tráfego de veículos automotores será desviado pela rua Américo de Campos e avenida Liberdade até chegar à praça da Liberdade. Durante a implantação, a CET irá monitorar as condições do trânsito visando preservar a segurança de todos os usuários da via.

A intervenções fazem parte do projeto Centro Aberto da Prefeitura, que busca recuperar e ativar espaços públicos da região central de São Paulo. A proposta parte da renovação das formas de uso dos espaços já existentes, por meio do estímulo de novas atividades e da priorização de pedestres e ciclistas, proporcionando melhores condições de permanência e circulação no local. Priorizar o pedestre também é uma determinação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e da lei da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

***
Fonte Secretaria Executiva de Comunicação / Portal da Prefeitura.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.