‘Você fala, eu escuto’: Sidewalk Talk chega a São Paulo para praticar a escuta ativa nas calçadas

"Nós ensinamos e praticamos escuta ativa nos espaços públicos para humanizar nosso solitário e desconectado mundo. Todo momento de conexão genuína melhora seu bem-estar." Foto: Divulgação.

A princípio taxada de louca por seus amigos em um mundo em que a maioria vive apressada com os rostos enterrados em seus smartphones, o Sidewalk Talk foi tocando o coração das pessoas e se espalhando pelas ruas de San Francisco, dos EUA e do mundo. 

Atualmente, o projeto conta com mais de 3200 voluntários nas calçadas de 52 cidades e 12 países praticando a escuta ativa e centrada no coração como forma de superar as divisões sociais, combater a solidão, melhorar a saúde mental e quebrar as barreiras que afastam e isolam as pessoas. 

O projeto Sidewalk Talk - Conversas na Calçada será lançado no próximo dia 27 de julho na Rua Aspicuelta, 99 (Beco do Batman) na Vila Madalena. Foto: Divulgação.

“Ensinamos e praticamos a escuta em espaços públicos para curar nosso mundo solitário e desconectado. Cada momento de conexão genuína aumenta nosso bem-estar”, diz o site do projeto.

O Sidewalk Talk – Conversas na Calçada em São Paulo é a primeira seção do Sidewalk na América Latina, trazida por iniciativa da psicóloga clínica Patrícia Maria Martins e sua equipe de voluntários, que busca criar espaços de escuta para humanizar as ruas, valorizar o público e fortalecer a convivialidade e a própria democracia entre nós neste momento tão polarizado pelo qual passa o Brasil.

O Sidewalk Talk – Conversas na Calçada no Beco do Batman no sábado 27 de julho a partir das 11h.

O início

No outono de 2014, duas terapeutas de São Francisco compartilharam uma visão: ajudar a curar aquilo que nos divide através da arte de ouvir com habilidade. Elas reuniram 26 de seus colegas, praticaram atributos de escuta e elaboraram um programa e um modelo para escutar juntos nas calçadas.

Traci Ruble, fundadora do Sidewalk Talk em ação. Foto: Natasha Merchant / Simple Pratices.

No dia 7 de maio de 2015, por duas horas em 12 locais em toda a cidade de São Francisco, os ouvintes instalaram cadeiras e placas, oferecendo-se para ouvir qualquer transeunte que quisesse ser visto e ouvido. O resultado foi incrível, segundo elas. E logo depois um grupo de Los Angeles, perguntou se poderiam reproduzi-lo.

Divulgação da ação do Sidewalk Talk na cidade de São Francisco, Califórnia, onde tudo começou. Foto: Divulgação.

“Nunca houve uma intenção para fazer a coisa crescer, mas recebemos tantas chamadas de pessoas de todo o mundo perguntando como iniciar o seu próprio projeto que decidimos torná-lo uma organização sem fins lucrativos para atender às demandas”, diz Traci Ruble.

***
Com informações Sidewalk Talk – Conversas na Calçada. 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.