Balada Literaria homenageia o jornalista Caio Fernando Abreu e recebe Ney Matogrosso e Moraes Moreira

 
Outro destaque é Ney Matogrosso, que participa do show de abertura “Em Tercina”, ladeado por Alzira E e Tetê Espíndola, na quarta, e, no dia seguinte, de uma conversa sobre letras e músicas com o jornalista Edson Natale e o escritor e ator gaúcho Ismael Caneppele.
 
Além de Caio F., o evento também relembra Elke Maravilha, morta neste ano. Na quinta, o “Transarau Maravilha” será comandado por Ed Marte e Renato Negrão e terá participações de Gero Camilo, da cantora Fabiana Cozza e da dupla Pedro Guimarães e Will Robson. “Elke foi uma das primeiras a aceitar o convite para participar da balada deste ano, ela foi amiga do Caio e morou por um tempo em Porto Alegre, então a gente vai fazer esse transarau celebrando a diversidade sexual, outra temática que conversa com a obra dele”, diz Freire.
 
No sábado (26), haverá uma leitura dramática da peça “Tchau, Querida”, de Ana Maria Gonçalves com a direção de Wagner Moura, seguida de bate-papo com a autora, o diretor e o elenco. As atrações têm entrada franca, com exceção do show de abertura, do Transarau e do projeto Estados de Poesia, a preços populares.
 
Rounet
 
Sem tempo hábil para captar recursos via Lei Rouanet, como fez nos três últimos anos, a Balada Literária precisou contar com parceiros antigos para tirar do papel a sua 11ª edição.

O projeto obteve autorização em setembro, mas o período para a captação dos R$ 644.490 só foi liberado no dia 1º de novembro, inviabilizando o patrocínio do evento durante sua concepção.

“Chegou uma hora que não podíamos mais esperar a publicação no Diário Oficial, precisávamos confirmar as agendas dos artistas, a lei já era morta”, diz Freire. A organização recorreu ao Itaú Cultural e ao Sesc para viabilizar o pagamento dos cachês dos artistas, transporte e outros custos de produção. “Sao 11 anos ininterruptos, nunca deixamos de fazer a Balada, resistimos em forma de guerrilha, os artistas compreendem”, diz o curador.

 
Serviço

Balada Literária

Quando: 23 a 27/11 11/22/2016. 
Onde: Diversos lugares de São Paulo.
Informações no site do evento.
 
***
Da redação da Folha Ilustrada.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.