‘Troco coletivo’ ajuda os mais pobres a pagarem suas passagens

Você deixaria uma moeda para facilitar o troco de um desconhecido? Para agilizar o pagamento nas catracas dos ônibus e também para evitar que mais moedas voltem aos passageiros, nasceu o projeto ‘Troco Coletivo’, desenvolvido em Pelotas, no Rio Grande do Sul pela agência Mark+ para a Unicred Integração.

O método é extremamente simples: adesivos, que são colados em paradas de ônibus e dentro dos coletivos, servem como um depósito para as pessoas guardarem ali pequenos trocos que podem ser úteis a quem precisa. Ramon Ballverdú faz parte do projeto e explicou: “A ideia veio ao notar que muitas vezes acumulamos moedas em casa ou no carro que ficam apenas pegando poeira. Moedas que poderiam ter utilidade para outras pessoas. O propósito é incentivar a integração entre as pessoas na cidade. Mesmo sendo uma forma bem simples, por que não tentar gerar uma mudança de hábito mostrando que com cooperação a vida pode ser melhor.”

De fato, as moedas estão a cada ano que passa mais desvalorizadas, tanto que é muito raro que o consumidor receba de troco menos do que cinco centavos. Moedas ocupam espaço, pesam mais do que cédulas e valem muito pouco na atuação situação econômica do país. O próprio comércio sofre com a falta de moedas e acaba, às vezes, prejudicando o cliente com um tradicional “vou ficar te devendo ‘x’ centavos” ou “pode ser um chiclete para completar?”, o que é errado, segundo a orientação do Procon, mas que não deixa de ser amplamente praticado.

Mas como confiar que as pessoas realmente usarão as moedas para o fim determinado? Bem, o projeto mesmo descreve a ação como um experimento social que tem o intuito de integrar a cidade através da cooperação. Se funcionará de acordo com o planejado ou não só o tempo irá dizer. Que o ‘Troco Coletivo’ é um projeto inteligente não há duvida, basta saber se as pessoas também o usufruirão com inteligência. É um projeto de pessoas que acreditam em pessoas.

Assista o video e entenda a iniciativa: https://goo.gl/ls3twj

Por  no La Parola. 

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.