‘Combo 2006’, cuida da segurança dos pedestres de Bogotá

Ativistas pintam faixas e fazem festas simbólicas para promover a cultura e a vida em Bogotá. Para as faixas eles usam o branco e o azul para tornar visível a passagem de pedestres.

O que começou como um local para reuniões sociais e conferências acadêmicas para compreender como a cidade funciona em mobilidade, segurança e meio ambiente, hoje virou ativismo de cidadãos, que promove a segurança para pedestres e ciclistas nas ruas.

A iniciativa é do chamado ‘Combo 2600’ que milita para que as pessoas de Bogotá adquiram um sentimento de pertencimento além de proporcionar espaço para se reunirem e promover o projeto.

O grupo é composto de estudantes e outros profissionais que incluem urbanistas, arquitetos, cientistas políticos, jornalistas e até mesmo um médico. O que os une é o desejo de “querer, pensar e fazer a cidade”, este, o seu lema.

A primeira coisa que eles fizeram foi pintar uma faixa em um cruzamento onde eles sentiram que a segurança das pessoas não estava sendo garantida. Isso aconteceu depois de se darem conta de que além de reuniões para discutir problemas da cidade e ter uma visão ampla sobre diferentes assuntos, que era preciso parar de reclamar dentro das quatro paredes e sair promovendo ações para melhorar a cultura da cidade.

O método baseia-se na ação social ao confrontar a autoridade formal, que é o quem deve intervir, mas não age o suficiente. “Você como parte da sociedade civil, como cidadão, pode se apropriar da cidade e ao mesmo tempo reclamar junto ao governo que tem obrigações mas não está cumprindo suas tarefas”, diz um deles.

O projeto começou em 2012 e foi batizado em referência ao momento em que a campanha “2600 metros mais perto das estrelas” queria mudar a percepção negativa da cidade. O grupo juntou 20 pessoas que tem atuado ao longo dos últimos três anos como voluntários e argumenta que alguém tem que trabalhar de alguma forma para melhorar Bogotá (8 milhões de pessoas) apesar dos políticos.

Controle cidadão 

Além disso, o Combo 2600 também criou um cartão simbólico para colocar em veículos que estacionam em locais não permitidos. Eles usam como uma ferramenta de educação para os infratores, acompanhados de comentários respeitosos.

Em seu site são baixados esses cartões e feitas convocações para quem queira se unir a eles: http://combo2600.com/

Com informações: El Tiempo.

 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.