Festival MegaCities ShortDocs 23/24 recebe 80 inscrições no Brasil

Da Redação.

Pelo segundo ano, o maior festival global de documentários cidadãos acontece no Brasil. Iniciativa estimula e revela soluções para os desafios econômicos, sociais e ambientais vividos em nossas metrópoles. Os cinco melhores curtas-metragens serão conhecidos no próximo dia 27 de maio em evento para convidados no Cine Reserva Cultural em São Paulo. O grande vencedor concorrerá a um prêmio em dinheiro, a uma viagem a Paris e à exibição do filme no Festival Internacional de Cinema de Cannes 2024.

O MegaCities Short Docs (MC-SD) – festival internacional de documentários sobre desafios urbanos – está em sua segunda edição no Brasil. A iniciativa é realizada em nosso país por meio da parceria entre a ONG Métropole du Grand Paris, idealizadora do festival, e a marca São Paulo São. Em sua 9ª. Edição na França, o festival foi criado para destacar, através da produção audiovisual, iniciativas que estão ajudando a melhorar a vida das pessoas nas maiores cidades do planeta.

“Num momento em que o nosso mundo está em profunda transformação devido aos avanços tecnológico, econômico, social, ambiental e político, os espaços urbanos cristalizam todos os desafios do nosso desenvolvimento futuro”, comenta Carlos Moreno, diretor científico da ETI em Paris 1 Panthéon-Sorbonne, embaixador do festival MC-SD e criador do conceito de “Cidade de 15 Minutos”, trazido ao Brasil pela São Paulo São.

Participaram da seleção curtas de até quatro minutos de realizadores que vivem nas 35 megacidades do mundo e também dos que residem em cidades com mais de um milhão de habitantes (530 no mundo, 17 no Brasil). O objetivo é encorajar as pessoas a se envolverem e, principalmente, a atuarem em projetos que buscam fortalecer a solidariedade e o respeito ao planeta.

Na etapa brasileira, o júri (ver abaixo) escolhido pela São Paulo São e integrado por especialistas e convidados ligados ao tema avalia os concorrentes em cinco categorias: Melhor Curta Documentário, Melhor Curta Estudante e aqueles que se destacaram ao traduzir os temas Crise Climática Urbana, Proximidade Feliz (Cidade de 15 minutos) e Melhor Iniciativa Urbana. 

Dos 80 inscritos nesta edição, 15 são finalistas. Os cinco melhores serão anunciados em cerimônia de premiação exclusiva para convidados, no dia 27 de maio, às 19h, no Cine Reserva Cultural, em São Paulo (SP). No evento serão exibidos os cinco melhores curtas-metragens de 2023/2024 e o Grand Prix do ano. “O concurso é uma grande oportunidade para que, por meio da produção audiovisual, se possa revelar e inspirar novos projetos e iniciativas de impacto positivo nas cidades. Afinal, torná-las mais sustentáveis e justas é essencial para a sobrevivência da humanidade. E isto está muito claro nos 17 ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, comenta Maurício Machado, criador da São Paulo São.

Apoios

O evento de premiação da Edição 2023/24 é um oferecimento da ApexBrasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, do Canal MyNews e da O2Filmes. Conta ainda com o apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente e da Mudança do Clima, da ESPM – Escola Superior de Propaganda & Marketing, da CCFB – Câmara de Comércio França Brasil, do Consulado Francês e da ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade. A TV Cultura e a Rádio Cultura, o canal Curta e Jornal Meio & Mensagem são parceiros de mídia do evento.

O júri no Brasil

  • Adonis Alonso, jornalista e criador do Blog do Adonis.
  • Ana Darce, sócia fundadora da Compasso Comunicação.
  • André Deak, designer e professor da ESPM.
  • Chantal Brissac, sócia-fundadora do Pro Coletivo.
  • Lucas Maia, diretor geral da O2 Filmes/Pós.
  • Marcela Arruda, diretora presidente do Instituto A Cidade Precisa de Você.
  • Mauro Calliari, colunista da Folha de S.Paulo.
  • Mauricio Machado, sócio fundador da São Paulo São.
  • Paula Lief, assessora de comunicação da Câmara de Comércio França-Brasil.
  • Rafael de Freitas, gerente de Qualificação e Competitividade da ApexBrasil.
  • Rosana Dias, jornalista radicada no Canadá.

Paris e Cannes

Um júri formado por protagonistas das transformações econômicas e socioambientais na França e no exterior selecionará os documentários mais inspiradores do mundo. Os melhores filmes serão exibidos durante a cerimônia final em Paris, no MK2 Quai de Seine, no dia 22 de maio de 2024 e em outras cidades do mundo.

A partir da seleção, serão concedidos seis prêmios desta 9ª edição, com um valor total de € 11.500. Três dos vencedores também serão convidados para o Festival de Cinema de Cannes e o melhor curta premiado subirá as escadas do festival em 24 de maio de 2024.

Sobre a São Paulo São

Criada há 10 anos, a São Paulo São é uma marca e plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos cidadãos com as suas cidades e estimular o envolvimento deles com as questões urbanas sustentáveis que impactam o dia a dia de todos.

Sobre a Métropole du Grand Paris

A Métropole du Grand Paris, criada em 1 de janeiro de 2016, foi fundada pela lei de 27 de janeiro de 2014 sobre a Modernização da ação pública territorial e a afirmação das metrópoles, e reforçada pela lei de 7 de agosto de 2015 sobre Novas organizações da República. A ONG dedica-se ao planejamento urbanístico da Grande Paris.

O prêmio Proximidade Feliz (Cidade de 15 Minutos)

É entregue em parceria com a Cátedra ETI – Paris 1 Panthéon-Sorbonne, que apresenta o conceito de uma cidade de 15 minutos. Esta ideia foi introduzida em junho de 2019 por Carlos Moreno, diretor científico da ETI em Paris 1 Panthéon-Sorbonne, que também é o embaixador do Festival MC-SD desde a sua criação, em 2015.

Os curtas inscritos nesta categoria incentivam o debate sobre a necessidade de repensar o desenho da cidade e os espaços da vida. Mais especificamente, a “Cidade dos 15 Minutos” é um modelo urbano em que as demandas do cotidiano podem ser atendidas a pé ou de bicicleta a partir das casas dos moradores, em apenas 15 minutos.

Esta noção está hoje espalhada por todo o mundo: a “Cidade dos 15 Minutos” está no centro dos debates e reflexões sobre o planejamento urbano de hoje e de amanhã. O São Paulo São lançou o conceito no Brasil em fevereiro de 2021, tendo como convidado especial o professor Carlos Moreno.

A edição 2022

Na oitava edição, em 2022, o curta-metragem brasileiro, “Ecocidade”, a cidade precisa de Agroecologia” de Pedro Urano (São Paulo) ganhou menção honrosa na categoria Proximidade Feliz (Cidade de 15 minutos). They don’t need to know” (Eles não precisam saber), curta da Indonésia, foi escolhido o Melhor Curta da competição global. A São Paulo São e a TV Cultura produziram e exibiram um especial sobre o Festival.

Acesse os links abaixo para mais informações, filmes e imagens sobre a edição 2022.

1. O Festival MegaCities ShortDocs, que revela iniciativas sustentáveis ​​nas maiores cidades do mundo, chega ao Brasil: https://saopaulosao.com.br/megacities-short-docs-festival-de-curtas-metragens-que-revela-iniciativas-sustentaveis-nas-maiores-cidades-do-mundo-chega-ao-brasil/

2. Festival MegaCities Short Docs anuncia os vencedores nacionais e internacionais de 2022. Curtas serão exibidos na TV Cultura:     https://saopaulosao.com.br/festival-megacities-short-docs-anuncia-os-vencedores-nacionais-e-internacionais-de-2022-curtas-serao-exibidos-na-tv-cultura/ 3. O site do Festival em português:https://www.megacities-shortdocs.org/?lang=pt

***
O evento de premiação da edição 2023 / 2024 do MegaCities ShortDocs é um oferecimento:

***
Da Redação.


Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.