Metrô de São Paulo vai ganhar Wi-Fi gratuito em 40 estações

Até agora, apenas seis estações tinham esse tipo de serviço, que era custeado pela empresa, sob responsabilidade da gestão Geraldo Alckmin (PSDB). Segundo o Metrô informa em nota, a companhia havia aberto um chamamento público para agentes privados instalarem o serviço. A ideia era ceder esse direito em todas as estações, em uma divisão por lotes. A empresa N1 apresentou proposta para 40 estações. 

“Durante um ano, o Metrô vai analisar o desempenho do modelo de negócio para aprimorá-lo, se necessário, em contrato de concessão de longo prazo. Com a ativação das estações, o Metrô estima receber R$ 5 milhões por ano” diz a nota.

Acesso

Para se conectar, será exigido do usuário um cadastro prévio em que ele será obrigado a preencher nome, e-mail e telefone e terá de concordar com um termo de condições de uso. A nota da companhia não trata da forma como os dados do usuário serão preservados. 

Uma opção será o passageiro atrelar seu cadastro a seus perfis das redes Facebook e LinkedIn. Como há um limite de conexões ativas em cada um dos pontos de acesso – que variam entre 400 e 2 mil conexões – a cada 15 minutos o usuário será desconectado e terá de refazer a conexão gratuita. “Será exibida uma página com a mensagem ‘Bem Vindo de Volta’, evitando que um novo cadastro seja feito. Não há limitação do número de acessos”, garante a empresa.

Por sua vez, o Metrô vai montar “lounges” nas estações mais movimentadas – como a Sé, conexão entre as Linhas 1-Azul e 3-Vermelha, e Ana Rosa, ligação entre a 1-Azul com a Linha 2-Verde – com grama artificial e cadeiras para os passageiros se sentarem. 

Locais

Neste fim de semana, o sinal será liberado nas Estações Armênia, São Joaquim, Vergueiro, Paraíso, Ana Rosa, Santa Cruz, Santana e Jabaquara, da Linha 1-Azul. Na Linha 2-Verde, as Estações Brigadeiro, Trianon-Masp, Tamanduateí e Vila Prudente terão o benefício. Já na Linha 3-Vermelha, as paradas são Marechal Deodoro, Santa Cecília, Brás, Patriarca, Carrão, Vila Matilde, Guilhermina-Esperança e Sé.

Nas estações restantes, o Wi-Fi começa daqui a duas semanas, no domingo dia 19. As Estações são São Bento, Luz, Portuguesa-Tietê, Vila Mariana e Tucuruvi, da Linha 1-Azul; Consolação, Clínicas, Vila Madalena e Sacomã, da Linha 2-Verde; e Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Artur Alvim, Penha, República, Anhangabaú, Bresser, Belém e Palmeiras-Barra Funda, da Linha 3-Vermelha.

A Linha 5-Lilás, que está em obras e por ora atende apenas a zona sul da cidade, terá o sinal nas Estações Santo Amaro e Largo Treze, também a partir do dia 19.

***
Por Bruno Ribeiro em O Estado de S.Paulo.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.