Paris pagará às grávidas que deixarem de fumar

Na França, as mulheres grávidas que deixem de fumar vão receber 20 euros em vales de compras após cada visita médica. A iniciativa foi lançada pelo departamento de saúde de Paris, é financiada pelo Instituto Nacional de Oncologia e conta com participação de 16 hospitais da capital francesa e da Ile-de-France.

Num país onde as estatísticas revelam que 17% das fumadoras grávidas não abandonam o tabaco durante a gestação, os promotores do programa esperam contribuir para uma inversão de atitude.

Para serem abrangidas pela iniciativa, as mulheres devem cumprir alguns requisitos: estarem grávidas de menos de quatro meses e meio, serem maiores de 18 anos, fumarem pelo menos três cigarros por dia e não utilizarem cigarros eletrónicos e outros substitutos da nicotina.

A expetativa é que pelo menos 400 mulheres adiram com sucesso ao desafio, sobretudo tendo em conta o sucesso de uma experiência semelhante, realizada na Escócia.

Em 2015, as universidades de Sterling e Glasgow recompensaram 612 grávidas por terem deixado de fumar, fazendo aumentar o valor dos cheques com o passar do tempo. Feito o balanço, 22% das grávidas abandonaram o hábito.

***
Mafalda Galvão no Expresso.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.