‘Vem Dançar‘ terceiro álbum da banda Pequeno Cidadão tem rock dançante para crianças bagunceiras e adultos animados

 
“É um álbum de rock dançante para crianças bagunceiras e adultos animados. A letra de Vem Dançar, por exemplo, ensina uma coreografia superdivertida, apenas seguindo o que a canção sugere. Essa é a ideia central do novo disco: convidar a criança a mexer o corpo e se divertir dançando, sem vergonha”, explica Taciana Barros.
 
Mesclando diversão e cultura, Vem Dançar conta histórias engraçadas, curiosas, românticas e questionadoras para o público infantil. “É um produto idealizado para crianças que encanta toda a família: pai, mãe, filhos… Costumamos dizer que a faixa etária vai do bebê ao vovô”, brinca.
 
O projeto também trabalha temas educativos, como a música Caveira Bagunceira, que revela a quantidade de ossos que temos no corpo, e Parque Augusta e Terra, Vento, Fogo, Tempo que tratam da responsabilidade com a natureza e a ecologia desde cedo. O CD ainda traz letras sobre os primeiros dilemas existenciais, com Mesmo Sem a Gente, que fala sobre a fossa pré-adolescente.
 
“Vem Dançar é fruto da convivência com nossos filhos, das recordações que temos da infância e das experiências que vivenciamos nesses oito anos de estrada”, diz.
 
O novo álbum, que será distribuído pela MCD, ainda conta com produção de Antonio Pinto, participação especial de Arnaldo Antunes, um dos idealizadores da banda, e mixagem de Mario Caldato (produtor de Beastie Boys e Jack Johnson).
 
“Sou suspeito para falar, mas fiquei encantado com esse disco. Acho que é o mais psicodélico, a coisa da sonoridade, da viagem, das histórias que são contadas. Tudo muito bacana! E o título vem a calhar, fiquei me sacudindo… É um disco para a criança sacudir a consciência, o corpo e tudo o mais”, diz Arnaldo Antunes.
 
“É um projeto muito interessante, pois conseguiram fazer um disco legal para as crianças e para os pais. Os músicos tocaram muito bem, é uma viagem. E cada música tem uma história e estilo diferente”, avalia Mario Caldato.
 
Segundo Paulo Tatit, da Palavra Cantada, o novo álbum está demais. “Eu amei o disco! Sou fã do Pequeno Cidadão e muito ligado na sonoridade dos discos, e esse está muito agradável de se ouvir muitas vezes”, analisa.
 
 
Sobre o Pequeno Cidadão  

O Pequeno Cidadão foi criado em 2008 e é formado por Edgard Scandurra (Ira!), Taciana Barros (Gang 90 & Absurdettes), Antonio Pinto (produtor de trilhas sendo a mais recente: “AMY” – doc. vencedor do OSCAR – e das Olimpíadas Rio 2016) e por seus filhos.  

Este encontro aconteceu por causa das crianças, que desde pequenas frequentaram a mesma pré-escola na cidade de São Paulo.  Além dos CDs, a turma lançou 4 livros inspirados em suas canções: “A Fantástica Viagem do Pequeno Cidadão” (Leya/2010), “Tchau Chupeta” (Leya/2011), “SK8 – Manual do Pequeno Skatista Cidadão” (Cia das Letrinhas/2013), “1 Drible, 2 Dribles, 3 Dribles – Manual do Pequeno Craque Cidadão” (escrito por MARCELO RUBENS PAIVA – Cia das Letrinhas/2014), e o premiado DVD Pequeno Cidadão, com clipes feitos por diversos artistas utilizando diferentes técnicas de animação.

Para conferir alguns dos melhores momentos ao longo de um ano de produção, acesse: http://goo.gl/TcoHuz.

*
**
Com informações do Pequeno Cidadão.
 

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.