Carnaval: aproveite, porque depois a vida voltará ao normal

Segundo informações da Prefeitura de São Paulo, 570 blocos desfilarão a partir de 23 de fevereiro até 10 de março. A estimativa é que essa festa de rua na maior cidade do Brasil atraia cerca de 5 milhões de foliões durante os dias de folga e 12 milhões de festeiros no período inteiro de farra pagã.

Estão confirmados 556 desfiles em 300 diferentes trajetos, os quais reunirão mais de 100 mil pessoas desfilando. Para se organizar e não errar basta acompanhar a programação completa em www.blocosderua.com ou pelas redes sociais. O importante dessa explosão de alegria é brincar com respeito, evitar o consumo excessivo de álcool, tomar bastante água e se perceber algo errado peça ajuda.

Serviços de apoio como ambulâncias estarão disponíveis em pontos estratégicos para atender emergências. Mas o ideal é passar longe desses socorros, pular e se divertir com responsabilidade.

Se possível escolha os desfiles próximos ao seu bairro ou aqueles em que acontecerão em avenidas de fácil acesso como, por exemplo, Marquês de São Vicente (Zona Oeste), Engenheiro Luis Carlos Berrini (Zona Sul) e Avenida Tiradentes (região central), e prefira circular com a utilização de transportes públicos, a pé, de bicicletas ou patins.

Algumas atrações confirmadas: Sargento Pimenta, Bangalafumenga, Alceu Valença, Elba Ramalho, Gambiarra com Tiago Abravanel, Sidney Magal, Acadêmicos do Baixo Augusta, Ritaleena, Agrada Gregos, Casa Comigo, Alline Rosa, Cumpadre Washington, Preta Gil, Carlinhos Brown, Claudia Leitte e Daniela Mercury.

Para os guris a diversão também está garantida. Pelo menos 12 blocos infantis têm desfiles confirmados, dentre os quais destaco Bloco Mamãe Eu Quero, Bloco Filhinho da Mamãe, Bloquinho da Vila, Ziriguidum e Charanguinha do França.

Conta tanta animação será difícil não se jogar no Carnaval. Ah… para quem é fã das escolas de Samba, não deixe de adquirir com antecedência os ingressos para os desfiles das agremiações do grupo especial e de acesso no Sambódromo do Anhembi. E divirta-se, porque depois a vida voltará ao seu estado normal. Por aqui, fico. Até a próxima.

Leia também: 

***
Leno F. Silva é diretor da LENOorb – Negócios para um mundo em transformação e conselheiro do Museu Afro Brasil. Escreve às terças-feiras no São Paulo São.

Tags

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
No data was found

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Categorias

Cadastre-se e receba nossa newsletter com notícias sobre o mundo das cidades e as cidades do mundo.

O São Paulo São é uma plataforma multimídia dedicada a promover a conexão dos moradores de São Paulo com a cidade, e estimular o envolvimento e a ação dos cidadãos com as questões urbanas que impactam o dia a dia de todos.